Mostrando postagens com marcador #ProjetoCasa. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador #ProjetoCasa. Mostrar todas as postagens

sábado, 19 de março de 2016

Já 20 de março?

Oi, tudo bem?

Amanhã já 20 de março, confere produção? Uau, como passou rápido o primeiro mês de casada!


Já teve quem me pedisse um post sobre a rotina de casada. Sinceramente, ainda não tinha escrito por falta de tempo kkk. Nos primeiros dias - ou semanas, quem sabe?! -  me senti correndo atrás do rabinho kkk. Quem aí já casou, juntou, ou simplesmente saiu da casa dos pais? O começo é assim mesmo, né?! A gente fica meio perdido com tanta novidade, tanta coisa para fazer kkk.

Bom, quando chegamos de viagem no dia 25, estávamos bem... assim... literalmente... acabados. Foram mais de 12 horas sentados entre van, avião e ônibus e tudo que eu sonhava era um colchão confortável. 

Béééééééééééén #sqn. 

A primeira noite oficial no meu novo cafofo não foi muito fácil porque a adaptação na nova cama, dividida com outro ser kkk, foi... assim... como dizer... complicada. O garoto dorme com o braço direito estendido pro lado esquerdo: onde eu durmo! Isso rendeu alguns tapas na minha testa no meio da noite kkk. Eu sempre dormi em colchão de espuma - daqueles bem velhinhos que a espuma já formou o buraquinho no molde do seu corpo, sabe?! - e não está sendo fácil acostumar minha coluna de 33 anos a um colchão de mola LFK e alto para burro - o que me faz pensar que uma queda da cama pode gerar um traumatismo craniano na pessoa aqui.

Os primeiros dias, como já falei, foram correr atrás do rabo: a gente começa realmente a usar a casa e as coisas que tem dentro e começa perceber que falta almofada no sofá, um mouse pro notebook, um cabo HDMI para tv, um puff para sala, instalar uma nova tomada em tal parede... ufa! Ainda bem que Deus foi muuuito maravilhoso e abençoou nossos queridos convidados que nos deram muuuitos presentes - até repetidos! - e a gente precisou comprar mesmo só dois itens: um armário multiuso para guardar meus sapatos e pastas de documentos, e uma estante para, finalmente, meus queridos bebês (leia-se livros) terem um lugar ao Sol!!!!

Os demais itens todos vieram de presente! E ainda sobrou 2 batedeiras, 2 liquidificadores e 1 sanduicheira que não deu para trocar e nem passar para as mães: mammy ficou com 1 batedeira e 1 panela elétrica que ela exigiu pagar, ao invés de ganhar de mim.

Como cozinheira, confesso que me surpreendi para caramba comigo mesma: consegui organizar um cardápio para as 4 primeiras semanas de casa e estou me virando bem na cozinha, administrando as compras da semana e evitando repetir pratos, coisa que o garoto sempre se queixou da casa dele.

A díficil e misteriosa arte de lavar roupa já não é tão misteriosa mais: branco com branco, preto com preto, coloridas a parte por via das dúvidas. Sigo o fluxo tanquinho-máquina de lavar-varal. Troco a água do tanquinho e parto para os "particulares": roupas de cama, mesa e banho, seguindo a mesma sequência de cores. Troco a água de novo e sigo para os tapetes e panos de limpeza. Ufa!!!

Acho que a parte mais complicada é administrar o dinheiro. Graças a Deus, eu já era bem independente de solteira - trampo há doze anos e sempre consegui pagar minhas contas e ainda ajudar em casa (para quem é cristão e dizimista, sabe que Deus ajuda e muito certo?! Para quem não é, experimente dedicar 10% do seu dindin mensal para caridade, para ajudar alguém. Pode ter certeza que isso vai contribuir para o seu dindin render mais - desde que você também tenha juízo com os outros 90% né?! Deus faz milagre, mas não é bom abusar da bondade Divina hehehe).

Até o momento, está tudo sob controle e dentro do esperado, com exceção das nossas saídas para comer fora... Gente, gastei o dobro do esperado! E ainda não conseguimos instalar telefone fixo e tv por assinatura - mas estou me virando muito bem com o Netflix kkk.

A convivência com o garoto tem sido relativamente boa. A adaptação não costuma ser fácil mesmo, pelos relatos de conhecidos. Tem dias bons, tem dias não tão bons, tem dias ruins. Sinto muita falta da casa de mammy ainda - o que me leva pensar que não casei com a maturidade que eu achava que tinha - mas estou conseguindo achar meu rumo. Principalmente porque percebi que realmente me incomoda passar o dia fazendo só coisas de casa: nos dias que consigo dedicar um tempo pra mim com uma boa caminhada, uma leitura agradável e depois vou fazer as coisas da casa, percebo que fico mais feliz. Acho que meu lado militante feminista não aceita ser do lar kkk. Graças a Deus, continuo trabalhando e meu horário facilita muito as coisas porque tenho tempo para fazer praticamente tudo durante a semana e o final de semana fica para descansar mesmo.

Hum, o que mais querem saber, hein?! 

sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Spin off #operacaoCasamento - A saga do presente misterioso!

Oi, tudo bem?

Finalmente, posso contar!!! Enfim, o tal presente misterioso chegou! Na verdade, não era misterioso para mim porque eu sabia o que era. Mas o drama foi tanto para o abençoado presente chegar que eu tinha que fazer isso virar um post!

Tudo começou em agosto quando fomos convidar os padrinhos. Infelizmente, não tinha nenhuma loja na minha cidade que fizesse lista de casamento física com tanta antecedência - na verdade, praticamente não existe mais nenhuma loja que faça lista de casamento física.

Então, tivemos que procurar opções virtuais para fazer a nossa lista de presente porque a minha decoradora - que fez o papel de assessora em muitos momentos - me disse que era bom já ter uma lista prévia de presentes para facilitar a vida dos padrinhos, uma vez que os presentes de padrinhos costumam ser mais caros. E vamos combinar que, nos dias de hoje, todo mundo precisa se planejar para gastar um pouquinho - que dirá para gastar com presente de casamento.

Pesquisei, procurei, googlei muito e nada. Só achei dois sites que faziam a lista de casamento com tamanha antecedência - CasasBahia.com e PontoFrio.com. Pesquisando no ReclameAqui.com, descobri que o PontoFrio.com não tinha uma boa nota comparado com o site da CasasBahia.com. Além disso, uma amiga minha que se casou em agosto fez a lista no site da CasaBahia.com e falou super bem. Então, fechamos nossa primeira lista lá!

Depois, conseguimos fazer lista no site da Americanas.com e no Querodecasamento do Magazine Luiza.

Só que teve uma madrinha, U-M-A MADRINHA, que resolveu nos presentear com a geladeira no site da CasasBahia.com.

Até aí, tudo bem. O presente estava lá no site, o regulamento me dizia que eu teria até 45 dias após a data do casamento para decidir se queria entregar o presente ou converter em vale-compras e, por isso, aguardei até o início de janeiro para fazer a entrega, porque daí o #ProjetoCasa estaria realmente terminado e pronto para receber os móveis.

#sqn

Em 31 de dezembro, às 17h38, recebi um email do site da CasasBahia.com dizendo que meu presente tinha sido convertido em vale-compras. Lógico que não consegui falar com ninguém no dia - era véspera de final de ano, né?! - e nem no dia seguinte que era feriado. E nem no outro dia seguinte que era sábado e muito menos no domingo. Só na segunda feira, consegui falar naquela porcaria de 0800 deles com uma atendente que falava de dentro de um poço e que me disse que eu não tinha o que reclamar porque o site tinha feito a conversão por conta própria por causa da Emenda Constitucional 87/2015 que prevê uma alteração no cálculo de ICMS entre produtos que vão tramitar entre Estados, a partir de 1º de janeiro de 2016.



Então vamos lá: 

nº1) a tal Emenda não diz nada sobre produtos pendentes de entrega em listas de casamento - acredito que o regulamento da lista que está publicado no site deveria ter algum valor, correto?!

nº2) O depósito da empresa é em São Paulo e a entrega seria feita no interior de São Paulo, o que não implica transações interestaduais. Por isso, não haveria alterações no cálculo do ICMS e não tinha o porquê fazer essa conversão.

nº3) Não recebi nenhum email avisando dessa alteração e nem fui consultada previamente. Simplesmente fizeram o que quiseram com o MEU PRESENTE sem nem me consultar e querem que eu pague o pato?!

nº4) Interessante verificar que minha lista no site da Americanas.com tinha muito mais presentes pendentes de entrega e nenhum foi convertido em vale. 

Imaginem como comecei meu ano super feliz de ter que ir no Procon para me informar sobre os meus direitos! Só que o que eu descobri foi que o Procon da minha cidade funciona igual o nariz da presidente, porque fomos super mal atendidos e ninguém soube nos explicar direito até onde valiam nossos direitos e se realmente valeria a pena comprar essa briga.

Para ajudar, até ficou uma situação chata porque a gente ia ter que pedir um monte de documento pessoal dos padrinhos para regularizar a situação. Até podíamos ter contado com a ajuda deles porque ela é é advogada, mas sabe como é né?! Enquanto os demais padrinhos me mantinham informada sobre todo o processo de compra e entrega dos presentes - porque a maioria foi compra on line - eles são mais distantes da gente e, só depois que a novela terminou, ela veio perguntar se precisávamos de ajuda, se o problema tinha sido resolvido, se o produto tinha sido entregue.

Por fim, tivemos que pagar a senhora diferença de $ 646,00 para conseguir que a geladeira fosse entregue em casa. Claro porque o produto foi comprado em agosto e o valor atual era beeeem maior. Interessante, né?!

Não bastasse essa pequena novela, ainda teve a novela da entrega. Quinze dias úteis para entrega! Todos os produtos dos demais sites também estipularam um prazo longo de entrega, mas todos - TODOS SEM EXCEÇÃO - chegaram beeeeem antes do prazo.

Só a geladeira que não.

Era para chegar dia 25. Não chegou.

Era para chegar dia 26. Não chegou.

Era para chegar dia 27. Não chegou.

Era para chegar dia 28... chegou aos 45 do 2º tempo.

Nesse processo de entrega, realmente tenho muito a agradecer a atenção extremamente rara que recebi da atendente Gabriela, da G9 Transportes. Ela foi a única pessoa nesse processo todo que conversou comigo igual gente no telefone. Ela me informou todo o processo de entrega e me garantiu que o produto seria entregue até o final da semana. E foi! 

Não faço a menor ideia de quem seja essa Gabriela, mas quero deixar aqui meu enorme agradecimento e parabéns pelo profissionalismo e atenção! Até mandei um email na empresa parabenizando-a pelo atendimento excelente, sem igual!

E vamos comemorar que ela chegou! Glória a Deus que cuidou de tudo!



quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

#operacaoCasamento - Faltam 45 dias

Oi, tudo bem?

É, a conta aí em cima está certa mesmo. Faltam apenas 45 dias. Se estou nervosa? Ansiosa? Sem dormir? Surtando? Hum...deixa eu ver... acho que não! Dá para acreditar? Acho que estou tão aérea com tanta coisa que tem pra fazer que estou me sentindo, por enquanto, uma noiva zen.


E a sua virada do ano, como foi? Bom, pra variar, passei na igreja a virada do ano e entrei 2016 orando a Deus para que corra tudo bem nesse ano. Chorei baldes e baldes na oração, pedindo por mim, pela minha família, pelo garoto, pelas família do Brasil que estão enfrentando toda essa recessão maluca, pelas vítimas do Estado Islâmico... Bom, quando a gente senta para orar e começa a fazer a listinha de pedidos....vixi, a lista vai longe, hein?! Tem tanta coisa para pedir!!!

Mas é lógico que também tinha muito a agradecer. E agradeci demais pelo sustento DEle em 2015. Conseguimos terminar o ano com saúde, liberdade, trabalhando, com o #ProjetoCasa concluído e pago, com a #operacaoCasamento toda encaminhada e paga. Foi um ano de muita luta, mas de muitas vitórias também.

2016 já começou animado. Ganhei um presente de uma madrinha que ainda não tinha mandado entregar e o site da loja converteu o presente em crédito sem minha autorização. Deram a justificativa de uma nova lei que entrou em vigor referente à cobrança de ICMS e blá, blá, blá. Até fomos no PROCON para verificar nossos direitos, mas infelizmente moramos em um país onde a lei é morosa e extremamente burocrática. Então, acabamos pagando a diferença do valor - uma senhora diferença, infelizmente - e mandamos entregar o produto.  Os demais presentes já estão a caminho, graças a Deus, porque foram comprados em outras lojas.

Já fui contratar as cadeiras para os padrinhos e vou terminar o roteiro da lua de mel hoje... pretendo né?! hehehe

No trabalho, uma nova funcionária começou - na verdade, já é velha porque ela já fez estágio na nossa filial e depois foi efetivada e transferida para outra e agora voltou pra nossa - e ela vai trabalhar no mesmo horário maluco que eu hehehe. Ainda bem que nos damos bem e ela parece ser bem dedicada no trabalho. Alguns comentários dela me desagradaram, mas faz parte da vida né?!

Bom, dá licença que vou dar uma voltinha pelos outros blogs para saber das novis... prometo voltar aqui mais vezes antes do grande dia!!!

quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

Olhando pra trás - retrô 2015

Oi, tudo bem?




Lógico que ela não podia faltar, né?! Mesmo em um ano tão tumultado, como poucos posts publicados mas cheios de informações, ela tinha que estar presente aqui para fechar o ano com chave de ouro. Senhoras e senhores, vem aí a retrospectiva 2015!

Começamos o ano com a tragédia do Charlie Hebdo e toda a polêmica sobre liberdade de expressão e respeito a religião do próximo. Aliás, esse ano foi um dos assuntos mais em pauta do momento. Para quem é cristão e acredita na Bíblia, sabemos que o final dos dias será difícil e de muita perseguição, não só física como já acontece na Coréia do Norte e países islâmicos e hindus, mas ideológica também como já vemos na Europa e na América. Nossos valores e conceitos são colocados em cheque todo o tempo - eu mesma passei por situações assim esse ano - e por isso devemos buscar cada dia mais a Deus para sabermos colocar nossa posição, sem abrir mão de nossos valores e sem perder o respeito ao próximo. Tarefa díficil, mas a gente consegue com a ajuda de Deus.

Muito livros... acho que nem dá para listar todas as resenhas aqui, mas fique à vontade para fuçar no meu cantinho aí do lado no Olhando pra trás. Nas contas finais, 20 exemplares lidos! Acho que posso destacar um, o melhor do ano inteiro: Amor de Redenção. Muitos filmes também, graças a Deus: menos do que eu queria, é claro, assim como os livros.

Perdi meu juízo...quer dizer, menos dois dentes do ciso e ainda ganhei um celular de presente do garoto pela recuperação.

Mas é claro que o tema que imperou aqui foi a #OperacaoCasamento e o #ProjetoCasa.

Durante a construção, perdi a conta de quantos posts eu fiz sobre a canseira e o mau humor e a irritação de todo o processo.

Também tivemos a escolha do vestido, das músicas, o início da contagem regressiva, eventos de noivas com mammy, a escolha da viagem da lua de mel, a saga do convite dos padrinhos, a preparação de toda a papelaria do casamento; a compra dos primeiros móveis.. Ainda estamos na entrega dos últimos convites e teremos algumas atualizações em janeiro... E que venha 20 de fevereiro!

Minha saúde esteve bastante balançada esse ano e o que mais me irritou foi aguentar conversas do tipo: "Você está passando por algum período de estresse?"; "Ah, no trabalho por causa da crise do país. Estou de casamento marcado..."; "Aaaaah, então é isso. Casamento marcado é sempre assim". Credo, parece que casamento é doença!!! O pior de todos foi o péssimo atendimento - aliás, nem teve atendimento - na Unimed em abril. Absurdo total!

Levei mammy para o cine 3D com o filme Terremoto e quase matei a coitada de tontura kkk. Também fui no cinema com ela para ver o melhor filme de 2015, Divertidamente.

Participei de novo da  #semanadeoracaodafabi.

Fiz a maratona do livro #umanovamulherem30 dias com início aqui e final aqui.

Não fui nenhuma vez no ano para minha terrinha querida, Sampa, mas encarei algumas aventuras com o garoto como as cachoeiras.

Acabamos ganhando um novo membro na família do garoto...

Muitas blogagens coletivas - dois Liebster Awards aqui e aqui - e desde já quero agradeço demais à todos os amigos que me taguearam para participar dessas brincadeiras gostosas! Dentre essas postagens, está o Projeto Escrita Criativa que consegui participar durante o ano!!!

Talvez essa seja uma das retrospectivas mais curtas que já fiz. Principalmente porque tive um ano muito tumultuado, com muita coisa acontecendo no trabalho, em casa e na vida pessoal e isso me tirou tempo e ânimo para blogar.

Quem sabe em 2016 eu consigo organizar melhor minha nova vida e dou um novo gás ao meu cantinho. Aos meus queridos 100 seguidores que seguem firmes e fortes - e aos especiais que não estão entre os seguidores oficiais mas que passam sempre por aqui para dar um oi - meu mais sincero OBRIGADA pela sua companhia, conselhos, broncas e palavras de carinho durante 2015. Que seu 2016 seja repleto das bençãos de Deus, da presença DEle em cada segundo da sua vida e que a gente se encontre por aí para conversar mais um pouco.

Feliz 2016 e não se esqueça da sábias palavras de Robertão... "Se chorei ou se sorri, o importante é que emoções eu vivi".




terça-feira, 8 de dezembro de 2015

Pára!!!!

Oi, tudo bem?

Pára, pára tudo!!! Gente, por que o tempo está passando tão rápido?! Meu Deus do céu, já estamos em dezembro, Natal está aí e daqui dois meses e pouquinho é meu casamento!!! Socooooooorrro!!!

Estou me sentindo tão atrapalhada, com esse tempo doido que corre demais e não me deixa espaço nem pra respirar. É sério: tem horas que eu fico vendo o blog, os comentários e vejo que estou deixando de passar por aqui para contar coisas super incríveis que estão acontecendo por causa da droga da falta de tempo! Eu não consigo me administrar e administrar tudo que está acontecendo em volta de mim. Dá para me entender?

Por exemplo, o #ProjetoCasa já está praticamente concluído. Nosso cafofo ficou lindo, pequeno e aconchegante como eu nem esperava que fosse ficar. E no feriado de 20 de novembro nós fizemos mais uma faxina com água e muito sabão para tirar toda a poeira que fica da construção. Mas, no último final de semana, eu fiz a minha primeira faxina sozinha!!!

É que o garoto quis colocar uma porta que está faltando e já arrumaram nosso portão com motor e tudo! Daí, eu fui lá para tirar a sujeira que os instaladores deixaram;  cheguei lá no meio do maior pé d´água, aquelas chuvas de verão que dão no meio da tarde e tive que estrear o portão, né?! Truuuuummmmmmm... entrei com o Toddynho lá - ele já tinha estreado a garagem antes mesmo de cobrir porque a gente quis medir se os dois carros iam caber lá - e desci com o aspirador. Lá fui eu passar aspirador na casa toda, organizar o armário da cozinha com as coisas que eu tinha comprado (alguns itens do chá de cozinha que eu não quis fazer e estou comprando tudo por conta com a ajuda de mammy). Nossa, fiquei orgulhosa de mim mesma!

Outra coisa que acho que não contei aqui: estou fazendo a unha no salão, gente! Virei gente chique! Eu nunca fui dessas de frequentar salão, aliás detesto e já estou me preparando psicologicamente para a tarde do casamento. Mas precisava fazer a unha com uma profissional porque teremos fotos da mão no álbum,certo?! E eu até faço a unha em casa, mas não fica aquelas coisas super profissionais. Então, primeiro arrisquei com a manicure de uma amiga que vem na casa da gente mas não gostei porque ela não foi nada pontual e já arrancou um bife do meu mindinho logo de cara. 

No último sábado, depois da faxina no cafofo, eu fui em uma amiga que é manicure em um salão super chique da cidade e amei ela! Ela foi super caprichosa, não me machucou, tem um preço aceitável e ainda ficamos colocando o papo em dia. Fora que ela tem todos os apetrechos esterilizados lá e eu nem precisei levar nada, a não ser os meus queridos esmaltes da Avon porque sou totalmente alérgica à qualquer outra marca - se eu arriscar usar, minha cara empipoca na hora.

Puxa, com certeza eu sei que estou esquecendo de contar mais alguma coisa... Ah, o garoto ganhou uma estrelinha comigo esse fim de semana.

O sinal do Telecine está aberto para assinantes Sky por causa da estreia do filme Cinquenta Tons de Cinza. Eu não aguentei ler o livro depois da parte do contrato - sem spoilers, ok - e não tinha visto o filme ainda. Resolvi ver com o garoto. Confesso que o filme é podre, sem pé nem cabeça e sem nexo nenhum - desculpem as apaixonadas pelo Sr. Grey.

Mas o que eu fiquei mais contente foi que o garoto não aguentou assistir. Achei que ele iria quer ver tudo, toda a sacanagem, mas ele assistiu um pouco e depois olhou pra mim e disse "É sério que você quer ver isso?!". Por fim, terminamos a noite assistindo um documentário sobre a Mamba Negra no NatGeo. Ponto para ele!

Prometo que eu vou passando por aqui, sempre que possível para contar o que me vier a cabeça. 

Aliás, minha cabeça está a mil por hora... mas deixa isso pro próximo post.

quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

Abandono

Oi, tudo bem?

Hoje o post é de desabafo. Não tenho passado aqui porque não tenho vontade de escrever, apesar de estar acontecendo muita coisa na minha vida.

A reta final da #operacaoCasamento está a pleno vapor, afinal faltam só dois meses e meio. O #ProjetoCasa está terminando, com a parte externa que o sogro está fazendo. A parte interna também já está garantida, graças aos padrinhos abençoados que Deus me mandou: a maioria dos itens mais caros já foram dados de presente.

Não vou fazer chá de panela nem chá de lingerie nem chá-de-nada: mammy me deu o enxoval da casa e os itens de cozinha e eu vou comprar meu próprio enxoval de "esposa" hehehe.

Os preparativos estão em ordem, as contas da cerimônia terminam esse mês e assim vamos indo...

Mas não estou bem.

Não durmo bem há semanas, tenho pesadelos de todos os tipos o tempo todo, ando extremamente ansiosa e elétrica, agitada com a cabeça a mil por hora. E não é só por causa do casamento: o trabalho está a pleno vapor, agora que estamos trabalhando com duas a menos no setor e isso também está me consumindo bastante. Ando muito cansada e não consigo fazer meus exercícios, cuidar direito da minha alimentação e comecei a perder peso mas engordei tudo de novo.

E, pra ajudar, está chegando a época que eu mais detesto no ano: Natal.

terça-feira, 20 de outubro de 2015

As últimas por aqui

Oi, tudo bem?

Depois de terminar a maratona #umanovamulherem30dias - na qual eu praticamente continuei igual porque não consegui colocar em prática quase nada do livro, uma vez que não gostei muito do conteúdo - dei uma sumida daqui por pura falta de tempo.

Exatamente hoje, faltam 120 dias para o grande dia do casório... socorro!!! Agora, na reta final da #operacaoCasamento, parece que as coisas proliferam para ser feitas, detalhes e mais detalhes que precisam ser vistos, conferidos e reconferidos para garantir que tudo esteja certo na cerimônia.

Na vida pessoal, nada tem acontecido de muito diferente. As novidades dos últimos dias se resumiram a:

- o final do #ProjetoCasa depois de um ano e 25 dias. A obra atrasou, as coisas não saíram exatamente como planejamos, tivemos muito estresse e muita briga e muito tudo ao logo de todo o #projetoCasa e alguns desses problemas você acompanhou junto. Sinceramente, não postei tudo aqui para não parecer que só reclamo, mas o resultado final ficou dentro do esperado. Principalmente, quando vejo amigas minhas que fizeram outros negócios com outras empresas e estão pagando até mais caro que eu por imóveis de qualidade bem inferior. Agora, é só decorar e mudar! Ops, mas precisa casar antes hehehe.

- o Rock In Rio - que eu nem consegui fazer um post decente falando do maravilhoso show do Queen com Adam Lambert. Eu nem ia assistir porque achei um sacrilégio a banda ainda existir mesmo depois da morte do Fred Mercury. Mas, peguei o concerto bem no comecinho e parei para ver só por curiosidade. E o cara mandou bem, viu?! Lógico que não podemos compará-lo com o Freddie porque aí já é sacanagem. Mas ele segurou bem o show e fez todo o teatrinho tão característico das apresentações do Queen. O show foi o esperado: um verdadeiro tributo ao grande concerto do primeiro Rock In Rio, na década de oitenta. Valeu muito a pena a ver. O trechinho aqui é da parte que eu mais gostei - paguei muito pau pro terno de oncinha do rapaz.

- a #operacaoCasamento: faltam 120 dias a partir de hoje. E agora, reta final, estamos a pleno vapor. Hoje mesmo fui na decoradora conferir os últimos detalhes de modelos de arranjos e posições dos móveis no hall da igreja; passei em uma loja da cidade para fazer a lista física - e descobri que eles não fazem mais; fui no cartório para pegar informações sobre a cerimônia no civil, mas dei com a cara na porta porque eles fecham para o almoço... Enfim, estamos respirando casamento por aqui. O enxoval da casa já está tomando forma, o meu enxoval começou a ser feito agora com dois pijamas super gracinha que comprei, os presentes estão chegando aos poucos. E prometo tentar manter você mais atualizado sobre a reta final da minha vida de solteira.

** Nota de última hora: confira nosso site de casamento. Muito obrigada a Fê Rodrigues pelas dicas!

- Férias. É, estou de férias desde o dia 14. Claro que as férias são sempre o mesmo ritmo de faxina e organização, colocar filmes e livros em dia. Consegui assistir 3 filmes até agora: Turbo, Perdido em Marte e O Senhor Estagiário. Recomendo todos. Não consegui ler os livros, mas já me livrei de alguns já lidos no sebo. E, claro, tive que trabalhar um dia e vou ter que trabalhar mais um porque a chefa pediu e não estamos em condições de falar não, certo?!

Bom, pelo menos consegui tirar a poeria daqui... por favor, apareça para dar notícias também ok?!

quarta-feira, 2 de setembro de 2015

#ProjetoCasa - Os móveis

Oi, tudo bem?


Com o #ProjetoCasa chegando na reta final e a #OperacaoCasamento chegando à sua conclusão, começamos a pesquisar os móveis para nosso novo cafofo.

Já tínhamos em mente que deveríamos comprar o jogo de quarto e o garoto fazia questão de comprar o sofá da sala que tinha que ser exatamente do jeito que ele queria; os demais itens foram para a lista de casamento.

Até que não precisamos pesquisar muito.. acho que foram uns 2 ou 3 finais de semana e tudo estava comprado...e o melhor: graças a Deus, conseguimos fazer uma boa economia e pagamos tudo à vista.

A cama - queen, do gosto do garoto - compramos em um fornecedor aqui perto. Loja de fábrica no shopping e o vendedor nos fez um bom desconto à vista. A cama tem até cheirinho de lavanda. O modelo é mais ou menos esse aí, mas por enquanto estamos sem cabeceira - muito cara!



O sofá veio de uma loja da cidade mesmo, também fabricante, que o garoto sabia que estava em promoção. Aliás, em ano de crise do governo Dilma, tudo está em super promoção. né?! Só que pedimos que fosse feito em suede amassado preto, que é mais a nossa cara.


O guarda roupa e a cômoda acabamos encontrando em uma loja da cidade a qual, eu sinceramente, não dava nada por ela. Mas o atendimento foi um dos melhores que já tive e conseguimos achar o produto do nosso gosto.































E então, o que acharam?

Aguardem novidades...

terça-feira, 1 de setembro de 2015

#ProjetoCasa - um pequeno look

Oi, tudo bem?

Nem vou perder meu tempo me justificando pelo abandono, ausência ou falta de visita aos amigos... Estou em débito com muitos de vocês mas, apenas posso alegar total falta de tempo e disposição para manter esse canto e meus contatos virtuais atualizados. Assim que possível, pago minha dívida... ah, e por favor me dêem um desconto... Eu sou noiva! hehehe

Para quem pediu, seguem algumas fotos do nosso pequeno cafofo em fase final... aleluia!

Nossa fachada.


Nossa garagem por dentro.


Uma visão da nossa sala de visita/home.


Nossa cozinha.


O corredor que dá para os cômodos dos fundos.


Nosso banheiro social.


O primeiro quarto, o nosso cantinho da cultura ou "cafofo da curtura".


A suíte master, quarto principal, ninho de amor kkkk chamem como quiser...


Nosso banheiro da suíte master.



E aí, gostaram?!

segunda-feira, 13 de julho de 2015

#ProjetoCasa e a reta final

Oi, tudo bem?

Queridos amigos do meu Brasil varonil (e de outras terras que me lêem, de acordo com a estatística do Blogger hehehe), finalmente entramos na reta final da #ProjetoCasa !!!!!

A parte interna já está pronta e agora passamos para a parte externa, depois de longos oito meses de obras. 

Pra ser sincera, não recomendo os serviços da construtora que contratei por vários motivos:

- Não cumpriram o prazo: até agora a casa não foi plenamente entregue e as semanas de atraso se arrastam; - Muitas coisas foram feitas sem a nossa autorização e tiveram que ser refeitas e refeitas até ficarem do nosso gosto; 

- Muitas coisas que eles disseram que estariam inclusas no projeto não estavam no final das contas e, como somos marinheiros de primeira viagem, os argumentos para discussão não nos levaram muito longe. Acabamos entrando em acordo com vários pontos do tipo nós damos o material e eles a mão de obra. Afinal, casa sem muro e área de serviço sem porta não dá né?!

- Eles pegaram implicância com o garoto e eu peguei implicância com eles. Ele também é dono da casa, está ajudando a pagar e os bonitinhos simplesmente reclamaram pra pappy que ele "fica demais na obra", " que o eletricista não está acostumado a trabalhar com gente acompanhando o serviço" .... entre outras reclamações ridículas que pappy fez questão de responder com um sonoro "ele também é dono e está certíssimo de acompanhar porque o olho do dono engorda o gado, certo?!". Aliás, posso ter todos os desentendimentos do mundo com pappy mas adoro quando ele é irônico.

Enfim, estamos gastando muito mais do que esperávamos e estou extremamente aliviada por não ter feito dívidas com festa porque a grana que está escorrendo para a construção parece não ter fim.

Mas, confesso que está ficando linda demais! Já colocamos os armários na cozinha e nos banheiros, o garoto já instalou os chuveiros e já começamos a ver os móveis!

Compramos o essencial para início: cama, guarda roupa, cômoda e o tão sonhado sofá gigante que o garoto queria. De resto, vamos esperar a bondade dos nossos queridos padrinhos e convidados.

Bom, desculpem por não atualizar com tanta frequência mas não tenho tido tanta novidade assim... agora, estamos na expectativa do final da obra para fazermos a super faxina de novo! Heeeeeeelp....

segunda-feira, 8 de junho de 2015

Feriado com muito BSB, terremoto e muito mais

Oi, tudo bem?

Aproveitaram bastante o feriadão prolongado da semana passada? Eu aproveitei e muito!!!

A folga foi muito bem vinda depois uma semana super tumultuada no trabalho, com o recadastramento de clientes e o clima de velório instaurado por causa das ameaças de demissões e cortes de orçamento.

Pela primeira vez, levei mammy ao cinema 3D ver Terremoto - a falha de San Andreas. Que filme! Que homem é aquele, gente?! Dwayne Johnson...ui, saímos do cinema babando. O cara tem veia até no músculo do braço. 

Tudo bem..venhamos e convenhamos... o filme é forçado, cheio de clichês e super manjado: você sabe que todo mundo sobrevive no final e ponto. Mas a adrenalina ao longo do filme vale muito a pena. E olha que o 3D aqui da minha cidade nem é tão bom assim.

Os takes de profundidade dos buracos são incríveis: dá para ficar com tontura mesmo e mammy, que tem labirintite, saiu do cinema mais pra lá do que pra cá.

O filme é um clichê atrás do outro. Temos o herói, o cientista, a mulher indefesa, a garota linda (que vai perdendo peças de roupa ao longo da projeção) e o covarde. Temos a bandeira dos Estados Unidos e toda aquela história de reconstrução e de que "todos juntos somos forte"- o de sempre. Mas se você está procurando ação sem ter que raciocinar muito, esse é o filme do momento.

É claro que aproveitei o feriadão também para fazer minhas listinhas e colocar várias atividades em dia. E claro que tinha que ter coisa da #OperacaoCasa e #ProjetoCasamento na lista.

Fui com o garoto provar o terno do grande dia... e ele quase morreu do coração quando se viu no espelho. Modéstia a parte, ele ficou um gato mesmo. Mas o peso da responsabilidade chegou firme e forte, igualzinho na minha vez de provar o vestido.

Ao contrário de mim que provei sete vestidos - ao que eu me lembre - ele experimentou apenas 3 ternos e logo ficou com o primeiro. 

Depois, fomos ver o tal carro da noiva e eu adorei o motorista: pensa numa pessoa calma, de fala mansa e bem sossegado. É o cara! O carrão também é super chique e eu confesso que não esperava ter tanto frufru no grande dia.

Por fim, tivemos que finalmente encarar a faxina pesada da casa porque a parte de dentro terminou!!! Aleluia irmãos!!!!

Vou contar um segredinho pra vocês... lavar azuleijo e rejunte não é coisa de Deus. Jesus Amado, como aquilo encarde! E como é difícil limpar! Ficamos quase quatro horas lavando tudo, mandando ver no sabão/bucha/bombril/vassoura e ainda sim restaram alguns pontos que precisam de uma segunda lavada. Bom, espero que na próxima eu não saía tão cansada...hehehe.

E, claro, final de semana passado foi mais completo ainda porque eles chegaram no Brasil... BSB na área!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Voltei a ter dezessseis anos e assisti todos os vídeos postados no Facebook, os especiais na tv, as matérias de jornal e revista... ô tempo bom!!! Uma pena eu não poder ir aos shows, mas meu rico dinheirinho está empregado em outras coisas. Mas, ainda bem que tenho amigas lindas e maravilhosas como a Fernanda Rodrigues que vai no show e vai contar tudinho depois, né?!

sexta-feira, 24 de abril de 2015

#ProjetoCasa - Últimos detalhes

Oi, tudo bem?

Finalmente, nosso #ProjetoCasa está chegando na reta final. "Está chegando" porque ainda não chegou. Agora, faltam os detalhes e retoques finais que parecem demorar uma eternidade para terminar.

Alguém aí já se meteu em construção? Já tentaram erguer um mísero cômodo ou fazer um "puxadinho para colocar a churrasqueira" em casa? Jesus Amado, como vai dinheiro!

É sério, minha gente. Do que planejamos gastar, acho que já foi o triplo por baixo. Muda aqui, adequa ali, troca acolá. E assim, o rico e suado dinheirinho poupado com muito custo por mim e pelo garoto está indo embora, dando tchau tchau poupança.

Nessa reta final, sempre aparecem os problemas. O garoto está mais surtado que eu e fica preocupado se o dinheiro vai dar, se o pedreiro foi trabalhar, quanto tempo falta pra terminar. E tem a ajuda da família dele que ora diz que vai ajudar, ora desiste de ajudar.

Daí, eu tenho que ouvir de pappy e mammy que "o garoto precisa ajudar", "que a família dele tem que fazer alguma", que "todo mundo tem que fazer a sua parte". Ai, ai, ai.

Eu sinceramente entendo o lado dos meus pais. Com certeza - se o garoto não existisse na minha vida - o dinheiro que eles me deram para comprar o terreno teria tido destino líquido e certo: minha pós graduação, uma evolução física no Toddynho, minhas viagens para Los Angeles e Irlanda.

Mas, o garoto existe. E o dinheiro que tinha destino líquido e certo virou um terreno que agora tem um cafofo em cima e todas as minhas economias estão se convertendo em foto, filmagem, decoração, música, vestido, docinhos... enfim, ce´st la vie!


Aproveitando o post para falar da casa, confiram aí embaixo o videozinho com o tour. Não estranhem minha voz de taquara rachada: infelizmente, sou assim kkkk.


video

segunda-feira, 13 de abril de 2015

#OperacaoCasamento - Mãos à obra

Oi, tudo bem?

O tempo passa, o tempo voa... e a poupança bamerindus continua numa boaaa.

Quem tem mais de 20 deve com certeza se lembrar dessa musiquinha bonitinha que tocava no intervalo do Jornal Nacional no início da década de 90. E que saudades daquele tempo! Saudades de um tempo onde as pessoas não ficavam te julgando pela internet, ninguém criticava ninguém só porque leu uma besteira na internet (e olha que esse povo acredita em tudo que vê na rede, sem nem ao menos consultar se a fonte é segura e verdadeira).. ah, que saudades!

* pausa para o desabafo... desculpem nossa falha, vamos voltar ao foco inicial.

A tal musiquinha tem uma máxima verdadeira: o tempo voa! E como voa, minha gente! Já estamos no mês de abril e daqui a dez - DEZ - meses, estarei me casando.. Socorroooooooooooooooooooo!!! #OperacaoCasamento à toda a prova!

Tenho procurado ser uma pessoa centrada, manter meu jeito prático e não me deixar levar por esse mercado que virou o ramo de casamentos. Na boa, se você começar a ler e ver tudo que o Google te traz sobre o tema, você vai:

a) pensar em assaltar um banco para conseguir pagar tudo;

b) investir no ramo de entorpecentes, apesar de ser um negócio de risco que pode vir a comprometer a data do casamento;

c) cogitar a possibilidade de celibatário.

Como nenhuma das alternativas anteriores me competem, resolvi me manter sóbria e serena - até onde for possível - e não ceder às tentações do mercado que transformaram a união matrimonial num evento de proporções gigantescas.

Ontem mesmo, fui com mammy no 1º Encontro Noivas no Altar, que aconteceu em um buffet da cidade. Que luxo! Que pompa! Que desperdício de dinheiro!


Assim, gente, vamos conversar a respeito. Eu acho que a data do casamento deve ser um dia especial, um dia a ser celebrado com muito amor e carinho pelas pessoas próximas que tiveram importância durante o relacionamento do casal: os amigos que ajudaram a gente a se unir, os pais que nos apoiaram, os colegas de trabalho, enfim...os mais chegados. Mas, daí a eu ter que gastar um carro zero para pagar comida e bebida pra todo mundo, é demais pra mim!

Eu fui ontem no evento com a ideia de aproveitar o momento, degustar comida, bebida e principalmente os queridos bem-casados de mammy e conhecer um pouco mais sobre o ramo. Ficamos lá das cinco às sete da noite - detalhe:em pé. A estrutura do salão não estava lá aquelas coisas - por isso nem tirei tantas fotos. Deu para perceber que os fornecedores presentes eram meio que a panelinha dos donos do salão: decoração e buffet, por exemplo, não tinham expositores a não ser os donos do salão. 

Dentre a minha pequena lista de fornecedores que adicionei no Facebook nos últimos tempos - e vamos combinar que o Facebook anda funcionando melhor que muitas páginas-amarelas por aí - não tinham nem 10% ali. O buffet - parte de salgadinhos e comida mesmo - só podia ser degustado pelos noivos que já tinham fechado contrato ali. Depois, o que ficou de resto, veio para o salão maior onde estavam os pobres-sem-contrato como eu e mammy.

Teve desfile de vestidos de noivas de uma loja de fora da cidade e achei os modelos meio usadinhos demais; teve apresentação de coral e de dança de salão também.


Mammy saiu de lá meio chocada porque ela me ouvia falar, mas ainda não tinha visto de perto o "mercado" do ramo de casamentos. Ela bem que queria me dar uma festa com toda pompa e circunstância, mas preferimos ter o pé no chão e investir no #ProjetoCasa que é mais duradouro e tem retorno.

Saldo final: uma infinidade de doces! Sério gente: saímos de lá e, quando chegamos no carro, mammy e eu começamos a colocar no painel do carro os doces que estavam na bolsa... e não parava de sair doces daquelas bolsas, Jesus! Rsrsrsrs Por isso que gosto de levar mammy nesses lugares porque ela topa qualquer parada comigo. Parceira perfeita!

O garoto? Bem, ele anda surtando com os detalhes finais da casa, mal pode ouvir eu falar sobre casamento e está com os nervos à flor da pele.

E faltam ainda dez meses...