Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens com o rótulo rotina

Filme - A Teoria do Tudo

Eu já tinha me encantado com o trailer e mal podia esperar para ver o filme. 
A Teoria de Tudo se baseia no livro de memórias “Travelling to Infinity: My Life with Stephen,” de Jane Hawking e conta o relacionamento do famoso físico Stephen Hawking (interpretado por Eddie Redmayne) com sua esposa Jane (vivida por Felicity Jones), desafiado pela doença de Hawking, portador de esclerose lateral amiotrófica.
O filme é uma adaptação do livro da ex-esposa de Stephen Hawking, Jane Wild, e conta a biografia de Hawking pelo ângulo de visão de Jane e da relação dos dois juntos. Portanto, o filme não é de fato uma biografia, mas o relato de um período, talvez o mais importante, da vida de Stephen.
Stephen Hawking nasceu numa família de intelectuais e sempre se interessou pelo funcionamento dos sistemas, buscando uma teoria única que fosse capaz de explicar todo o universo - a tal teoria do tudo.
Mas descobri-la não era tarefa fácil. Ainda mais para um estudante de ciências quase boêmio como ele foi.…

Ainda estou aqui...

Oi, tudo bem?
É, ainda estou aqui. Precisei me ausentar um pouquinho porque os dias foram meio tumultuados com o início do "tratamento" do garoto e a minha adequação ao novo ritmo da vida.
Não tem sido dias fáceis. Na maioria do tempo, eu sinceramente não sei o que quero da vida. Ele está em casa, de molho, pelos próximos 90 dias. Braço engessado até o ombro desde a semana passada, o início foi bem complicado porque ele reclamou de tudo: do banho, da comida, da troca de roupa, do calor, da coceira, do frio, da dor, do sono, da falta do sono, do tédio, dos filmes que tinha para ver, da internet... enfim, o mundo todo.
Daí, tem dias que ele está otimista: nos últimos tempos, ele tinha o trabalho oficial dele e uns serviços extras que ele fazia para juntar mais dinheiro para o Projeto Casa e a Operação Casamento. Como esse "pequeno" imprevisto, ele ficou preocupado se iria perde os "bicos", mas já arrumou um amigo - e esse é amigo com A maiúsculo - que tem ajud…

Pára o mundo que eu quero descer

Oi, tudo bem?
Hoje o post é sobre nada. E sobre tudo também. Sobre a correria dos nossos dias. Sobre... sei-lá-sobre-o-quê.
Você se sente cansado? Sente que seus dias não rendem? Que tudo está passando rápido demais? 
Eu me sinto exatamente assim.
Levo uma vida como quase todo mortal: acordo (no horário normal, nem muito cedo, nem muito tarde), tomo café, arrumo a casa para mammy que já saiu trabalhar à essas horas (detalhe: acho que estou com TOC porque ando muito preocupada com organização, limpeza...às vezes, um cisco de sujeira que surgir no chão depois que terminei a faxina me dá nos nervos e eu peguei o hábito de ficar abaixando para limpar o chão e tentar manter tudo o mais limpo possível #precisodeummedico) e, se tiver alguma coisa para fazer, lá vou eu: fazer faxina, lavar quintal, passar roupa, trabalho atrasado, pagar contas, fazer compras...
Depois tomo banho, almoço, arrumo a louça do almoço, durmo (soneca do almoço é tão sagrada quanto o almoço), acordo, me arrumo e vou traba…

Que calor é esse?!

Oi, tudo bem?
Alguém pode desligar a sauna que já esquentou o suficiente?! Jesus, apaga a luz literalmente porque eu me sinto uma fritura ambulante. No trabalho, fico naquele ar condicionado que me transporta para a Sibéria; quando saio na rua - com meu super-power uniforme preto (hello?!), parece que tô no deserto do Saara com a roupa errada. #detestoverao.
E como andam a vida de vocês?! Eu não tenho tido tempo nem pra ver email, orkut, msn, facebook...que dirá postar regularmente no meu cantinho. Mas é que minha vidinha tá bem ocupada agora, com o trabalho, com meu garoto, com meu novo estilo de vida.
Sim!!! Comecei a fazer caminhada, levantar cedo, eliminar do meu cardápio a combinação trágica de excesso de refrigerante/café/chocolate/fritura/gordura. Espero perder os pneuzinhos que estão ao redor da minha cintura agora o mais rápido possível. #horadadieta.
O amor está literalmente no ar, certo?! Eu não tenho o hábito de ficar fazendo propaganda porque eu sempre detestei quem ficava fa…

Voltando a vida...

Oi, tudo bem?
Seguimos a vida, certo?! Voltei à minha querida rotina super-corrida de muito trabalho e pouco tempo para mim e estou muito feliz com isso.
A volta foi a mil por hora porque tínhamos uma viagem marcada para o dia seguinte à minha volta para assinatura e apresentação de um novo convênio que teremos no trabalho com uma grande empresa. Fomos visitar a empresa, conhecemos vários processos industriais que eu nem sonhava que existiam e eu me diverti muito. Se tem uma coisa que eu amo nessa vida é viajar; nem que seja para o distrito ao lado. Pegar a estrada, conhecer pessoas e lugares novos é tudo de bom.
A maior novidade nos últimos tempos tem sido aquele garoto que falei no último post. Resolvi dar uma chance ao rapaz. Apesar do grude, das constantes demonstrações de amor-carinho-afeto-etc que ele tem me dado, eu ainda não consigo sentir nada muito assim por ele. Pelo contrário. Tanto zelo está me sufocando. Só estou segurando a onda porque acho que ele realmente merece uma ch…