Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Jesus

Cartinha para o futuro

Oi, tudo bem?

Vi essa postagem no blog Descontruindo e amei o tema.
A ideia consiste em escrever uma carta para você mesma para ler daqui um tempo - no blog são sugeridos 10 anos - e guardar de forma especial e única para ser aberta apenas na data sugerida.
Eu não levo jeito para trabalhos manuais, então nem tentei fazer a embalagem que ela ensina na postagem.. mas #ficaadica para quem quiser tentar.
No meu caso, vou escrever aqui mesmo e pretendo voltar aqui no prazo de 5 anos (o meu prazo é mais curto porque sou desesperada e ansiosa demais kkkk). Vamos lá?
Oi Nana, tudo bem? Como anda tudo por ai? Você ainda está viva? Ufa, que bom.  Escrevo essa carta dia 4/6/15 às 10h45 e hoje é feriado. Tivemos uma semana de trabalho bem tumultuada com os cadastros dos novos clientes para o 2º Semestre de 2015 e, para variar, trabalhamos 3 períodos. Estamos desfalcadas na empresa com duas funcionárias a menos em licença maternidade e o pessoal que ficou ainda não se deu muito bem com a temporária - que…

Dezembro

Oi, tudo bem?
Puxa vida, já chegamos em dezembro. E com ele, lá vem aquela correria de natal, compras, presentes, confraternizações, futilidades, falsidade e tudo que tem todo-santo-ano.
É, eu não gosto dessa época do ano porque acho que tudo fica muito vazio de sentido: as pessoas correm para se endividar com presentes, mas não doam nenhum centavo para caridade. Ou doam só nessa época do ano e esquecem de ajudar durante todo o próximo ano. As festas de trabalho geralmente reunem pessoas que se odeiam o ano todo, "furam o olho" de todo mundo e agora são só sorrisos e "boas festas" pra lá, "boas festas" para cá. Isso sem falar nas famosas festas de família... 
Por isso, acho que esse ano eu não vou dar presente para ninguém. E também não quero ganhar presente de ninguém. Prefiro buscar o verdadeiro sentido do natal que está há muito esquecido por todos: o nascimento do Salvador. Ontem, por exemplo, teve a descida do Papai Noel na praça da cidade e o trânsito …

As coisas começam a acontecer

Oi, tudo bem?
Eu continuo perdidinha como no post anterior... acho que isso aqui está muito parado, sem graça e sem visitas. E minha linha de atualização também diz que os outros blogs que sigo também estão passando pelo mesmo problema - ou a linha está com defeito porque aparece UMA publicação nova por dia e olhe lá.
Enfim... ces´t la vie...
Eu tenho tido umas crises existenciais no trabalho, do tipo que ninguém fica sabendo - só meu cérebro. Ainda bem que ninguém pode ler minha mente...rsrsrs. Sei lá, pode ser frescura ou carência mas tenho me sentido meio sozinha ali. Todo mundo tem seu grupinho, uma que se une com a outra, duas que se unem com a mais nova... e eu fico assim... só... me sentindo meio avulsa no meio de todo mundo. Ás vezes, faço um comentário e paira aquele silêncio ensurdecedor... não sei se ninguém escutou o que eu disse ou se ninguém aprovou o que eu disse... sei lá... mas eu pretendo continuar por ali por um bom tempo porque novos planos surgem no horizonte. Por en…