Mostrando postagens com marcador vestido. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador vestido. Mostrar todas as postagens

sábado, 17 de janeiro de 2015

Atualizações - #operacaoCasamento e #ProjetoCasa

Oi, tudo bem?

Cof, cof, cof... tirando a poeira do cantinho. Desculpem a ausência, mas 2015 chegou chegando e nem tive tempo de sentar para atualizar.

Aproveitei os últimos dias para atualizar os post em datas retroativas para colocar tudo nos dias que realmente aconteceram... agora chegamos aos dias atuais.

Vamos atualizar as novidades das duas tags do momento: #operacaoCasamento e #ProjetoCasa.

#ProjetoCasa
Estamos em fase de acabamento, vendo detalhes de pedras, azuleijos e outras coisinhas que fazem parte da perfumaria do projeto. Ainda não temos a data final de entrega, mas está começando a ficar cada vez mais perto. Já testamos a garagem e cabe direitinho 1 caminhonete, 1 carro popular pequeno e 1 moto... ufa!

#operacaoCasamento
Decoração contratada, foto e filmagem contratado e pago... próximo da lista: vestido de noiva. Comecei a procurar o tal modelo agora que mammy está de férias porque opinião de mãe é tudo nessa hora. 

Começamos por uma loja bem popular da cidade que tem uns modelos mais acessíveis para aluguel. Provei 3 modelos: um bolo de noiva que me senti de volta aos anos 80; um tão justo, mas tão justo que achei que não ia sair mais kkk. E um bem bonito mas não era totalmente do jeito que eu queria. A vendedora até disse que poderia fazer as alterações que eu quisesse, mas não senti muita firmeza e fiquei com receio do vestido ficar parecendo remendado.

Partimos para segunda loja da lista no sábado à tarde. Só de chegar lá, o atendimento já foi outro. Ao invés da mini sala com ventilador e provador improvisado, uma sala enorme, acarpetada com veludo vermelho e toda espelhada. Ar condicionado, água, café, bolachas... enfim, serviço vip.

Depois de olhar alguns catálogos, a vendedora separou 6 (ou 7, não lembro) para eu provar. No primeiro, mammy já brilhou o olho; e olha que nem é exatamente o modelo de vestido que eu tinha pensado. Provei os demais e cada vez ficava mais difícil decidir. 

Depois de prova, desprova, prova de novo fiquei em dúvida entre dois. O mais legal é que, a cada prova, quando eu entrava na tal sala de espelhos, sempre tinha uma vendedora nova para dizer "que lindo", "que perfeito". No início, eu achei que era puxa-saco de vendedora mesmo, mas depois chegou outra noiva para provar vestidos também e percebi que o entusiasmo das vendedoras não era o mesmo. Sinal que estava bonita para valer :)

Para tirar a dúvida, a vendedora resolveu me arrumar. Arrumar? Como assim? Com direito a penteado, tiara, véu e buquê. Aí, o negócio apertou. Quando saí do provador e me vi no espelho, toda produzida, cabelo, véu, buquê, andando devargazinho como vai ser no dia... ui, que pânico! Acho que aí caiu realmente a ficha de que vou me casar. Socooooooooooooooooooooooorrro!

Graças a Deus, mammy conseguiu segurar o choro... senão, era capaz de eu desistir de tudo. Com toda essa superprodução, não tive dúvidas: escolhi o primeiro modelo provado, aquele que nem era exatamente o que eu tinha em mente, mas que ficou perfeito para mim.

Agora, o garoto quer porque quer saber qual o vestido... e eu estou fazendo mistério. Para as amigas também. Para todo mundo, aliás. 

Mas, para vocês... vou deixar algumas opções.... qual vocês acham que escolhi?






quinta-feira, 17 de abril de 2014

Enfim...o fim.

Oi, tudo bem?

Como tudo que é bom, dura pouco... as férias chegaram ao fim hoje.

Dez dias de descanso que foram bem produtivos.

Dez filmes vistos.

Dois livros lidos.

Um mega problema resolvido hoje.

Vamos às listas?

Os filmes:

Julia e Julie: aquele filme gostoso que mostra porque a culinária pode ser considerada terapia para alguns - pra mim, por exemplo, que me sinto o próprio Ratatouille na cozinha.



Rockstar: reprise muito boa de ver, especialmente porque tem Mark Wahlberg no elenco.



Como não esquecer essa garota: amei! Simplesmente, uma graça de filme!



Eu receberia as piores notícias dos seus lindos lábios: o filme é pesado, com cenas pra lá de picantes, mas a história chega a ser poética de tão triste e só no final você consegue entender tudo (ou não).



Plano de Vôo: Apenas uma palavra - surpreendente!



Oz Mágico e Poderoso: outra reprise gostosa, só porque tem o James Franco.




Dez Anos de Pura Amizade: É...hum...bonitinho...



Trapaça: Filme de Oscar que estava na minha lista desde o início do ano. Valeu!



Noé: tem um post inteiro falando dele ó!

Amor, Felicidade e Casamento: É...hum..outro bonitinho...



Os livros:

Filho do Hamas: Um relato Impressionante Sobre Terroriso, Traição, Intrigas Políticas e Escolhas Impensáveis é um livro publicado em 2010 por Mosab Hassam Yousef, um palestino filho de um dos fundadores do Hamas. Neste livro, Yousef narra sua vida, como filho de um líder influente na comunidade islâmica palestina, sua experiência na prisão, seu recrutamento pelo Shin Bet, quando passou a colaborar com Israel na luta anti-terrorista e sua conversão ao cristianismo. Você pode ler mais sobre o livro e sobre a vida dele aqui e aqui.

Os Cães Nunca Deixam de Amar: A emocionante história de uma advogada, seu cão adorável e um diagnóstico devastador. Quem gosta de animais vai adorar, quem gosta de sick lit vai adorar, quem gosta de romance vai adorar, quem gosta de chick lit vai adorar, pois TERESA escreve como se fosse autora do gênero.Quando bati os olhos neste livro foi paixão a primeira vista. Ele não fala apenas sobre câncer, seu tratamento e todos os seus efeitos colaterais sofridos pelo corpo humano e animal. Também fala sobre: o amor incondicional entre as pessoas e seus bichos de estimação, a jornada em busca do autoconhecimento e amadurecimento, a mudança de planos, o perdão, a amizade e a solidariedade e, principalmente, o poder de uma boa dose de cafeína diária, cascas de torrada apetitosas, brinquedos coloridos que fazem barulho e uma banheira quentinha e borbulhante com espumante no final do dia. E vale conhecer o blog que deu origem ao livro aqui.

O problema.

Tenho uma grande amiga que, há mais ou menos oito anos atrás, foi namorada do garoto. E ela vai se casar no final do ano. E resolveu que gostaria que eu entrasse com as alianças do casal na cerimônia. Sozinha. Sim, porque talvez estar com o ex dela no altar fosse informação demais para família dela porque a gente sempre saí junto e todo mundo se dá muito bem (pelo menos, é o que eu acho). E  ela ainda me pediu para ir vestida de rosa! Até me dispensou do presente, porque sabia que eu teria que gastar com o vestido - que eu com certeza nunca mais usarei na vida porque odeio essa cor. Tirei o dia de hoje para correr todas - absolutamente todas - as lojas de festas da cidade e só achei um vestido que me serviu, pink, e vai ter que ser esse mesmo. Ou terei que alugar algum rosa bebê que vai me fazer parecer um algodão doce entrando na igreja.

Ufa...férias animadas né?! E que venha a Páscoa para fechar com chave de ouro e terminar de recarregar as baterias para voltar ao trabalho!


segunda-feira, 23 de julho de 2012

Todas as coisas da vida

Oi, tudo bem?

E aí, gente boa? Como anda o mundo cibernético por aqui, hein?! Mais um longo período de hiatus no blog, sem postagens por causa das coisas que andam acontecendo do lado de cá da tela. Ainda bem que ainda estão acontecendo muitas coisas, certo?!

Eu não tenho férias de julho propriamente ditas porque meu trabalho me impedem de folgar neste período do ano, mas isso não me impede de passar por longas aventuras ao longo do período. A primeira aventura do mês foi por causa de pappy que resolveu bancar o "resgatador-de-cachorrinhas-indefesas".

Bem que poderia ter sido apenas um feriado prolongado, com folga da mammy e minha do trabalho e com tempo de sobra para adiantar os afazeres da casa. Mas pappy resolveu tirar o carro da garagem no meio da chuva e deu de cara com uma cadelinha de raça, branquinha, pequena, magra e indefesa tremendo de frio e medo na calçada debaixo da nossa casa. E não é que justo ele, que nunca foi tão apegado à bicho assim, resolveu pôr a bichinha para dentro de casa?!

Lógico que a pequena Nina não gostou nem um pouco disso e eu também fiz coro com ela. Primeiro, porque graças a Deus todos tem trabalho em casa e não temos mais tempo, grana ou espaço para manter mais de um cachorro. Segundo, porque a Nina é ciumenta e muito exclusivista. Terceiro porque, no final, acaba sobrando tudo para mammy que não merece mais coisas para se ocupar.

Enfim, depois de uma longa novela de busca por um abrigo, casa de adoção ou verdadeiro dono, a Fugi (como foi apelidada por ter FUGIdo de algum lugar), ganhou uma nova casa com uma senhora muito especial que tem mais 5 cachorrinhos e vive só para eles... Ufa, valeu o sufoco do feriado!

Nessas, eu acabei até estressando com o garoto que nem tinha culpa de nada, mas não demonstrou tanta preocupação com o caso como eu esperava que fosse acontecer. A justificativa dele foi que ele não queria ficar falando sobre um assunto que ele sabia que ia me estressar. Ainda estou avaliando se essa colou ou não.

Para ajudar na agitação do trabalho, tivemos mais 2 contratos novos firmados que me causaram 3 períodos de trabalho no mesmo dia e, por tabela, uma dor no braço esquerdo insuportável que se mostrou como tensão nervosa, segundo meu ortopedista. Ah claro, acrescentem à isso mais uma semana de auditoria financeira com duas auditoras bem casca-grossa do tipo que contam até tampa de caneta bic. Bom, já passei por isso antes e acho que está mais do que na hora de desapegar de tudo que me estressa e focar só nas coisas boas, certo?!

Coisas boas... como por exemplo, um convite de casamento que chegou em casa ontem da forma mais inusitada possível - diga-se de passagem que isso é bem a cara da noiva - que vai garantir que o garoto faz sua estréia no mundo das festas de casamento em grande estilo.

E lá vamos nós escolher presente, vestido, cabelo.....

O fim de uma era

Oi , tudo bem? Não, esse post não é sobre o fim do blog. Apesar de não atualizar mais com tanta frequência, continuo voltando aqui vez ...