Mostrando postagens com marcador dieta. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador dieta. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 7 de maio de 2014

Aprendendo o Não

Oi, tudo bem?

Confesso que nem ia passar por aqui essa semana porque não tenho nada muito assim para contar.

Até andaram acontecendo algumas coisas bem legais em relação a Operação Casa e ao Projeto Casamento, mas como tudo está ainda bem no comecinho, eu prefiro contar depois que tudo estiver mais encaminhado. Sem ressentimentos, né?!

Como passou o feriado? Espero que bem. Eu tive um feriado delicioso! Super tranquilo, sem nenhuma grande viagem ou nada muito diferente do convencional. Mas sabe aqueles dias que te deixam com aquela sensação gostosa de que podiam voltar? Os meus dias de feriado foram assim.

Acho que é porque estou aprendendo a falar não. Achou estranho? Na vida, a gente sempre acha que precisa falar sim, sim, sim. Sim, senhor para tudo. Mas tem hora que a gente precisa falar não. E eu falei alguns nãos nesse feriado e tive dias inesquecíveis.

Falei não para dormir um pouquinho além do horário... e consegui caminhar com mammy todos os dias pela manhã e colocar o papo em dia, ir ver o nosso terreno - onde vamos construir a minha casa e a área de lazer deles - e aprendi alguns novos roteiros de caminhada para variar a minha caminhada matinal.

Falei não para ficar sem fazer nada o dia todo... e consegui montar uma lista (claro que elas tinham que estar presentes para fazer meu feriado mais feliz, né?!) das coisas que eu queria fazer e consegui fazer tudinho, tudinho. Atualizei o blog com todas as postagens que estavam atrasadas, visitei todos os blogs amigos, organizei os arquivos no micro, dei uma conferida nas roupas que estão pedindo por uma costureira, terminei meu 10º livro do ano - o que me faz lembrar que preciso fazer uma resenha, ou melhor duas... lá vem post por aí rsrsrs.

Falei não para ficar neurótica com a história da nutricionista.... claro que me policiei, comi com cuidado e atenção mas não deixei de ir almoçar fora com mammy - se bem que deixei metade do prato e deu uma dó danada, mas foi porque acho que o organismo já acostumou com a pequena quantidade e não aguenta muito mais que o normal que tenho comido ultimamente -, não abri mão de comer a bolacha de nata que mammy fez, o pão de queijo que ela fez e de comer as coisas que me deram vontade no feriado. Só que comi com moderação, falando sim para vontades mas não para gulodice.

Falei não para ficar isolada do mundo com o garoto... e fomos visitar a igreja dos nossos amigos na sexta e no sábado. Tivemos a oportunidade de participar de um encontro de casais (eu? em um encontro de casais? dá para acreditar?!) super gostoso no qual a gente fez uma dinâmica sobre como resolver conflitos a dois... Acertamos 6 de 16 questões e foi só risada rsrsrs. Isso acabou fazendo muito bem para gente porque o clima estava meio pesado entre nós porque eu estou preocupada com o futuro profissional dele de novo: ele vai participar de duas provas de seleção e eu quero que ele estude e se dedique, mas ele não tem incentivo da família e sempre fica achando que não vai conseguir, fica duvidando do potencial que tem. Daí, com a minha santa paciência (estou sendo irônica, ok?!), a gente acaba discutindo. 

Mas, ao final do encontro, o pastor falou palavras tão sábias e bonitas que valeram toda a noite. Falou que a beleza vai passar, a barriguinha vai crescer rsrsrs, o pique vai diminuir, o carinho da mão pode mudar (ele até brincou com outro irmão da igreja porque os dois sofreram acidente de trabalho e perderam alguns dedos da mão e ele brincou que o carinho muda, às vezes até falta dedo para fazer carinho rsrs) mas que o amor que Deus derramou é o mais importante e que a gente devia olhar bem para quem estava do nosso lado porque não existia ninguém do mundo melhor para nos amar e nos aturar pro resto da vida. #fato

Por isso, eu estou tentando - dia após dia - ser mais paciente e mais companheira com ele. Não ser tão arrogante porque eu estudo mais, leio mais, gosto mais de coisas mais nerds do que ele. E estou tentando deixar ele seguir o caminho que quiser no tempo dele, orando a Deus para que o nosso caminho seja de paz, amor e estabilidade.

Sabe de uma coisa?! Relendo o post para ver se está compreensível, eu percebi que até que fiz bastante coisas no feriado... e até que tinha bastante coisa para contar aqui. Que bom que passei por aqui para falar com você!