Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens com o rótulo escuro

Tantas, tantas coisas

Oi, tudo bem?
Cof, cof, cof. Vamos tirar a poeira daqui, né?! Sabe que eu até mando fazendo uma lista dos afazeres fora do trabalho e tem sempre um item "fazer post sobre tal coisa", "visitar blogs amigos", mas está difícil conseguir conciliar tudo.
Vamos aos fatos.
Estamos levando bem a sério a proposta da nutricionista de passar o zíper na boca e perder os cinco quilos que ganhei desde que conheci o garoto. Posso ser sincera?! Nem está sendo tão difícil assim. Como ela não me proibiu de nada - só diminuiu as quantidades - fica mais fácil controlar a gula porque eu não preciso passar vontade. E não é que tive ótimos resultados no primeiro retorno?! Em duas semanas, perdi 1,5 kg e 3 cm de barriga. Yupiiiii!!! Não sei se isso é um super resultado ou algo totalmente normal para quem está fazendo reeducação alimentar, mas eu sai de lá tão feliz e leve, literalmente, e bem motivada para manter o ritmo. Até porque estou lendo um livro muito legal que ensina que não é chiqu…

O dia em que fui na orquestra no escuro

Oi, tudo bem?
Pois é, o título é verdadeiro. Ontem, pela primeira vez na vida, fui assistir uma orquestra no escuro. Ou quase...eu explico.

Depois de tudo que andou me acontecendo nos últimos dias, ontem tivemos o privilégio de assistir um concerto da Orquestra Bachiana do SESI-SP regida pelo inigualável maestro João Carlos Martins e participações mais que especiais de alguns convidados ilustres dos quais eu não lembro o nome agora (mas o talento deles está bem guardado na memória).

Mammy estava realizada com esse evento porque, da última vez que eles vieram na minha cidade, nós não pudemos ir porque estávamos trabalhando no horário (a apresentação foi em uma sexta-feira e a gente trabalha até às 22h). Mas ontem estava tudo combinado para realizarmos um sonho de mammy. Se não fosse a chuva....

O evento estava marcado para às 20h. Pretendíamos sair de casa às 19h para chegarmos cedo e pegar um bom lugar, de preferência no pé da boca-de-cena do teatro (na última apresentação, várias pessoas…