Mostrando postagens com marcador descanso. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador descanso. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 9 de abril de 2014

Enfim...

Oi, tudo bem?

Enfim, elas chegaram. As tão sonhadas e merecidas e esperadas férias chegaram por aqui na última terça e vão ficar até o dia 21. E pra quem pensa que nas minhas férias, eu viajo, vou pra praia ou campo...espere um pouquinho: férias pra mim sempre foi sinônimo de faxina geral.

Toda vez que saio de férias, eu monto a minha listinha (olha aí as minhas listas de novo) de coisas para fazer, arrumar, organizar, jogar fora, doar, etc. E lá vou eu feliz fazer tudo isso!

Terminei a "faxina" hoje, tradicionalmente encerrada pelo quarto. Tudo que eu vou pegando os outros cômodos da casa, eu vou empilhando no meu quarto para conferir o que merece lixo, o que serve para doação (sempre vale lembrar que doar requer estar ainda em bom estado de uso) e o que pode ser reaproveitado.

Saldo da faxina: um saco de lixo e 3 sacolas de roupas e sapatos para doação. Fora que meu guarda-roupa está bem mais espaçoso. Daqui a pouco, eu vou começar a ler Madame Charme e vamos ver se vou conseguir levar à risca a regra de ter um guarda-roupa de 10 peças, à la francesa.

Também temos as coisas para organizar no computador, porque eu passo o tempo todo colecionando favoritos, downloads e acabo por não conferir nada. E preciso urgentemente de um pen drive bem grande para conseguir fazer backup de todos os meus arquivos do pc. Alguma dica aí?

Agora, na semana que vem, a história é outra. Aí teremos tempo para realmente ficar de bobeira, de perna pro ar, vendo filmes, seriados, lendo livros e me entupindo de tralhas e guloseimas nas férias...rsrsrs.

Ah, para os preocupados de plantão eu fiz a tal tomografia para ver meus problemas de enxaqueca. E fiz o eletro também.

No eletro, eu me senti como um personagem do À Espera de um Milagre, com aqueles montes de fios e eletrodos ligados no meu coquinho. A tomografia foi bem mais traumatizante. A sala mais parecia um iglu de tão fria. A enfermeira, mais fria ainda, não "prestou atenção" (quero dizer literalmente que ela nem deu a mínima) quando eu disse para aplicar o tal contraste no meu braço esquerdo que era melhor e já foi espetando aquela droga de agulha no meu braço direito. Saldo do dia: reação ao contraste e uma veia estourada.
Mas, graças a Deus, na tomografia deu tudo normal. Estamos esperando os outros resultados para o veredito final.

E se alguém aí quiser saber sobre o garoto, ele está bem, sem gesso, sem recuperando na fisioterapia e esperando por novidades do Projeto Casa e da Operação Casamento que estão em stand by por causa da burocracia do nosso país.

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Demorou, mas voltei

Oi, tudo bem?

Nada como tirar uns dias de descanso, sombra e água fresca mais que merecidos. Depois da cansativa rotina dos últimos meses, finalmente os dez dias de paz e sossego chegaram. Pela primeira vez na vida, eu desliguei celular, me recusei a atender o telefone fixo e me entreguei a dez dias de total preguiça.

Antes de sair de férias, eu aproveitei o meu horário livre pra adiantar a faxina que costumo fazer na casa: arrumei armários, separei as coisas para doação, limpei os cantinhos da casa que ficam mais escondidos. Assim eu sabia que ia conseguir mais tempo livre para não fazer nada.

As minhas férias foram muito tranquilas, graças a Deus: eu fiquei boa parte do tempo em casa vendo filmes. A lista tá aí:

1) O preço do amanhã;
2) A era do Gelo 4;
3) Eu sou o nº 4;
4) Kung fu Panda 2;
5) Um dia (reprise mais que recomendada);
6) Ligado em você;
7) A fera;
8) Garota Infernal;
9) Um homem de sorte;
10) Monte Carlo;
11) Corajosos;
12) Branca de Neve e o Caçador;
13) Eu, Robô;
14) Sintonia de Amor (reprise mais que recomendada).
Também aproveitei para visitar as amigas que não via há tempos, colocar o papo em dia e acabei percebendo que muita coisa mudou porque as conversas com algumas estão mais próximas e outras estão muito mais distantes do que é a minha realidade hoje em dia... acho que o tempo tem esse poder: nos afasta de alguns e nos aproxima de outros... sei lá, estou meio filósofa. Tomei chuva, tomei sol, fiz pequenas caminhadas - nada comparado a dieta/regime que eu pretendia - e dormi. Dormi muito. Eu e a Nina dormimos até enrrugar...rsrsrs.

Realizei sonhos também: me dei de presente uma câmera fotográfica para garantir cliques atualizados das situações "emocionantes" da minha vida. Agora, cada piscada é um flash!!! Mas, na verdade, os flashs e os videos tem sido todos da Nina em todas as posições e momentos possíveis.

Também tive a oportunidade de bancar a ajudante do garoto. Há dias, o banheiro de casa estava com um cheirinho estranho: eu teimava que era cheiro de queimado, mammy teimava que era o cheiro do meu creme de cabelo que ficava parado no ralo. Até que ela foi lavar o banheiro em um sábado de manhã e pluft! O chuveiro parou de esquentar. Como o garoto trabalha na área elétrica, eu comentei com ele o que tinha acontecido e ele prontamente se ofereceu para trocar o chuveiro pra gente. E lá foi a novela...

Primeiro porque ele subiu em casa com todos os equipamentos e apetrechos necessários para fazer a instalação elétrica completa de uma casa....rsrsrs. Quando ele tirou o chuveiro do lugar... descobrimos que o coitadinho do equipamento estava todo derretido por dentro e foi por Deus que não aconteceu alguma coisa mais grave em casa com aquele trem fritando toda a vez que a gente tomava um banho. O garoto já queria trocar a fiação e fazer um monte de coisa que, na minha humilde opinião de leiga, poderiam ser deixadas para depois. Para garantir que não teríamos nenhuma falha técnica no processo, ele foi até a chácara da família falar com o sogrinho - que é da área da construção civil - para tirar todas as dúvidas. Voltamos, compramos um novo chuveirinho e lá fomos nós fazer a instalação. Graças a Deus, tudo deu certo e estamos com um chuveiro super gostoso graças ao garoto!!!

Enquanto eu descansava, o Toddynho estava no spa fazendo barba, cabelo e bigode. Ou melhor, motor, pintura e tapecaria. E durante as férias dele, eu me diverti com o Nino - que é o carro que pappy e mammy compraram há pouco tempo por um grande milagre divino: eles estavam pensando em comprar um carro bem mais barato, porém esse aí apareceu em um sábado de manhã, com um preço super acessível e como todas as qualidades que eles estavam procurando. Ainda bem que tínhamos o Nino porque eu não teria a menor condições de ficar circulando com a Jabulani (o antigo carro de pappy que mais parecia uma banheira velha sobre 4 projetos de pneus e cheia de detalhes e truques de funcionamento que só pappy entendia).

E por fim, descobri um sebo na cidade ótimo que comprou alguns livrinhos usados meus e que estavam emperrando espaço na minha caixa de livros. De quebra, ainda comprei por preço de banana o livro com o roteiro do filme UMA MANHÃ GLORIOSA...super recomendo!!!

E é claro que o garoto ficou estacionado no sofá de casa quase todos os dias à noite... a gente teve bastante tempo para curtir o clima love já que no meio das minhas férias, fomos comemorar o nosso primeiro aniversário de namoro...mas isso é história para o próximo post.