Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens com o rótulo garota

Feliz Aniversário!

Oi, tudo bem?
Você viu a Nana por aí? É que eu queria dar os parabéns porque hoje é aniversário dela, mas não estou achando ela. 
É, aquela menina que estudou Informática porque faltou grana para fazer Jornalismo, mas mesmo assim não desistiu do sonho.
Aquela que quase entrou na faculdade de Jornalismo, mas precisou adiar o sonho de novo quando apareceu uma vaga super especial numa empresa legal pra ela.
Acho que você lembra dela... ela vivia viajando pra São Paulo, a "terrinha" que ela chama, para participar de feiras e eventos de negócios.
Ela sonhava em ser uma super executiva, igual a moça do filme TENHA FÉ que acabou inspirando-a a seguir a carreira que ela seguiu.
Nos planos dela, nem em sonho você veria a palavra casamento porque ela sempre se virou muito bem sozinha. Sempre foi independente e fez sua história por conta própria.
Dizia que seria jornalista, moraria em Los Angeles e seria correspondente do caderno Ilustrada da Folha de São Paulo.
Você viu ela por aí?
Esses dias …

Submissa?

Oi, tudo bem?
Acabei de terminar (hum, soou estranho kkk) meu primeiro livro do ano. O título, bem polêmico para os dias de hoje, é "Submissa? Todos tem um dono". A autora, Fabiana Bertotti, é esposa, cristã adventista, jornalista e tem um ótimo senso de humor (confiram o canal dela no Youtube aqui).
Há muito tempo eu acompanho a carreira dela e estou ensaiando a compra on-line do livro há alguns meses. Primeiro, eu ia me dar. Depois, o garoto ia me dar. Depois, minha mãe ia me dar. E, por fim, eu acabei me dando de presente de Natal - um dos cincos livros que ganhei no Natal hehehe.
Quase que ele não chega há tempo - outro ponto positivo da autora porque ela é super acessível no seu perfil do Facebook e respondeu minha mensagem sobre o atraso de entrega no mesmo dia e, três dias depois, o bonitinho exemplar chegava na minha casa por sedex.
O livro é bem direto e reto, do jeito que eu gosto e muito bem-humorado, como a própria Fabiana. Não espere um livro de auto-ajuda, daqueles…