Pular para o conteúdo principal

Menos é mais - Foco no peso

Oi, tudo bem?

Seguindo a vibe do minimalismo que anda reinando por aqui, preciso rever meus valores com relação a minha saúde para viver com menos e melhorar minha qualidade de vida. 

Estou pesando neste exato momento 67,9kg - considerando em média 1,5 kg da minha janta no estômago e a roupa que estou usando - meu peso real deve estar por volta dos 66,5kg... e pensar que casei pesando 62,1kg... isso foi há 7 meses atrás... buáááááá. Não é apenas uma questão estética ou de vaidade: preciso melhorar minha qualidade de vida que anda péssima nos últimos anos. Muitos remédios, muitas crises de enxaqueca e noites mal dormidas.

Lógico que temos que manter o foco que a gente não perde o peso que ganhou assim, em um estalar de dedos. Para cada quilo que queremos perder, precisamos gastar em média 3500 calorias do nosso corpinho. Alguém que pesa 66 kg - como eu - queima cerca de 350 calorias durante 50 minutos, em intensidade moderada como uma caminhada com corrida ou uma aula de dança.

Meu índice de IMC no momento está em 25,3 - um leve sobrepeso. Minha meta é voltar para os meus queridos 57kg que eu tinha quando conheci o garoto... isso foi há quase cinco anos atrás.



Logo... preciso perder 10 kg -> ou seja 35 000 calorias -> fazendo exercícios moderados por 1 hora por 5 dias na semana -> perco 1kg por mês -> levo 10 meses para chegar na minha meta ou 40 semanas - de 26 de setembro de 2016 a 30 de junho de 2017.

Temos a meta: não vamos fechar a meta, vamos deixar a meta aberta e, quando atingirmos a meta, dobramos a meta. Agora, precisamos alinhar as informações de como alcançar a meta: 

- 1 hora de caminhada RELIGIOSAMENTE de segunda a sexta;

- Cortar TOTALMENTE refrigerantes;

- Diminuir O MÁXIMO POSSÍVEL ingestão de chocolates, industrializados, frituras e gorduras;

- Voltar à medida de refeição que a nutricionista (querida nutri, que vergonha de você!) me passou: 

Café: 2 colheres de sucrilhos, 1 colher de achocolatado, aveia e chia à vontade e 1 xícara (pequena, não usem o modelo de Friends ou Gilmore Girls como parâmetro) de leite;**uma vez por semana um suco detox;

Almoço e jantar: 2 colheres de arroz, 1 concha de feijão, a palma da mão de mistura, 1/2 copo de água ou suco natural e salada à vontade;

Lanches entre as refeições: barra de cereal, fruta, suco, tudo em pequena quantidade;

Uma refeição livre por semana!!!

Será que eu consigo? O que não dá mais para fazer é ficar olhando minhas fotos antigas e lamentando meu peso, minha pança, minha cara de inchada.

Força na peruca: vou fazer os preparativos no final de semana e bora começar na segunda.  

Quem vem comigo?

Comentários

Danielle Marques disse…
eu! me deu ate um animo pra recomeçar
Eu preciso me juntar a esse projeto fit, porque só Deus sabe como as coisas andam complicadas por aqui.

Espero que você atinja os seus objetivos!

Beijos,

Algumas Observações
Hellz. disse…
Com certeza ganhar peso é muito mais fácil que perder, mas com foco e disciplina você vai chegar lá!
Boa sorte ai, viu? sei que vai dar tudo certo

beijo
beinghellz.com
Ana Nana disse…
Então, bora lá! Eu comecei hoje... não foi bem com pé direito, mas o importante é começar!
Obrigada pela visita!
Ana Nana disse…
Ai, Fê nem me fale... a coisa tá muito feia por aqui também. Só ontem, na última limpa que dei no meu guarda roupa, fui obrigada a tirar quase duas sacolas de supermercado de roupas que não me servem mais porque meu quadril aumentou e minha barriga triplicou depois que eu casei... snif, snif, snif.
Obrigada pela visita e pelo apoio!
Ana Nana disse…
Obrigada pela torcida!!!! Eu realmente espero melhorar a qualidade de vida que anda péssima por aqui. Se a perda de peso vier junto, vai ser lucro!

Postagens mais visitadas deste blog

Retrô 2016 - O ano!

Oi, tudo bem?
Último dia do ano, não podia faltar né?! Retrô 2016!!! "O" ano! O ano que virei gente grande, casei, virei "mãe" e nem atualizei tanto o blog porque a vida foi bem movimentada.
Mas ainda temos alguns registros aqui e lá vamos nós para relembrar:
1) Comecei o ano na igreja, com um baita crise de choro por saber que era minha última virada solteira. Tivemos a saga da #operacaocasamento com todos os preparativos descritos a cada cinco dias. E claro, com direito à um spin-off  sobre o presente misterioso.
2) Se 2016 foi "O" ano, Fevereiro foi "O" mês: mês do casamento, da lua de mel, do início da vida de casada.
3) Eu já estava com "tlinta e tlês" anos e já era uma senhora casada, sofrendo para aprender administrar tanta novidade junto. 
4) Abril foi o mês dos "primeiros": primeira tentativa de adotar uma "filha", primeiro acidente doméstico, primeira intoxicação sem ajuda de mammy. Ufa, eu sobrevivi!
5) Maio foi…

Firme e forte e outras estórias

Oi, tudo bem?
Gostou do título do post? Firme e forte. Tudo bem que quase ninguém deu a mínima para o meu post anterior (só teve um comentário), mas eu continuo na vibe de melhorar a minha saúde. #chateada
Hoje, particularmente, estou mais disposta e isso graças à Neguinha. Ela deu de querer brincar de jogar a bolinha toda vez que eu apareço na porta da cozinha. Só que agora não é só jogar a bolinha: é correr pelo quintal atrás dela para pegar a bolinha para jogar de novo. Gastei hoje uns 10 minutos assim e já fiquei com a língua de fora, igual a ela rsrsrs.
A minha meta de caminhada+dieta foi interrompida semana passada: comecei a semana super bem, comendo certinho e fazendo exercícios todos os dias. Mas, na quarta passada, o garoto bateu o carro! :(
Ele estava descendo uma avenida e o carro da frente freou bruscamente para um outro carro, que fez a conversão sem ligar a seta, passar. Conclusão: o garoto bateu atrás do carro que freou! O carro que virou sem seta foi embora como se não ti…

Thanksgiving

Oi, tudo bem?
"Rendei graças ao Senhor porque Ele é bom, porque a Sua misericórdia dura para sempre" Salmo 118:1
Hoje é Dia de Ações de Graça. Infelizmente, não temos o hábito de celebrar a data aqui no Brasil - apesar de termos copiado a Black Friday.
Mas eu tenho o costume de celebrar a data por ser uma tradição dos cristãos protestantes desde muito tempo atrás.
Antigamente, era o dia em que os colonos agradeciam a Deus pelo ano de colheita e compartilhavam com os mais pobres o que tinha restado da safra.
Hoje, aqui no Brasil, o dia serve mais como um memorial para olharmos pra trás e agradecermos a Deus por tudo. O simples fato de poder agradecer já é um grande milagre; afinal, se você está vivo para agradecer, está bem melhor que muita gente que não chegou até a data de hoje para ser grato. #filosofando.
Eu tenho muito a agradecer este ano.
1) Por ter corrido tudo bem com os preparativos do casamento e por todos os livramentos e providências divinas para resolver tudo que aconte…