Pular para o conteúdo principal

Começando em 3, 2, 1...

Oi, tudo bem?

Dia 26 de setembro de 2016. Dia da mudança. Dia D. Hoje, eu começo a batalha pela qualidade de vida, pela alimentação saudável e, quem sabe, pela perda de peso!!!! Até porque passamos um susto com mammy que teve um problema sério com a pressão e foi parar no pronto socorro. Pausa para esclarecimento: ela não tem plano de saúde, então não precisa ir no mesmo pronto socorro que eu vou. #graças a Deus por isso. Ela foi atendida rapidamente, examinada, medicada e o lugar tinha até senha de wifi. E é municipal, viu?! Parabéns para administração pública e para os funcionários do lugar que fizeram um ótimo trabalho e nos atenderam com atenção e dedicação. #coisarara

Como disse para você no último post, eu ia preparar tudo no final de semana para começar a segunda com pé direito. E fiz isso mesmo: me despedi dos chocolates, do refrigerante, do pratão-de-pedreiro que eu estava acostumada a fazer. 

No sábado, comi miojo no almoço e pizza na janta (super despedida, hein?!). Lógico que tive que apelar para o Dramin para dormir e acordar com o estômago em dia.

No domingo, já comecei a me adaptar aos poucos: no almoço, fomos em um rodízio na churrascaria e eu não tomei refrigerante (e a cara do garoto quando eu disse que queria um suco foi ó-te-ma! Tipo "como assim? ", "quem é você?" kkkkk). Comi muuuuita salada mesmo e só uns dois pedaços de carne (ponto nº1).

À tarde, fomos para uma cidade vizinha para bater perna no shopping de lá que é maior que o da minha cidade e tem bem mais opções. Saldo do dia: matei a saudade do muffin de blueberry do Starbucks (pecado nº1), comprei um livro novo para minha coleção (assim que terminar, eu faço resenha. Aliás, vamos combinar que estou lendo muito pouco esse ano, hein?!), o garoto comprou 3 camisetas novas e 2 pretzels de chocolate para ele (e eu resisti a tentação! Palmas para mim! ponto nº2).

Chegamos um caco em casa, lógico. Pegamos no sono e dormimos até umas sete da noite. Daí, baixou a Maria em mim e eu fui lavar louça, recolher a roupa que lavei no sábado e eu e o garoto pegamos para fazer a limpa nos nossos armários de roupas.

O meu guarda roupa já estava arrumado porque eu tinha feito uma limpa no meio da semana, mas ainda faltavam 5 gavetas. O garoto tirou uma sacola de roupas, na sua maioria roupas que estão apertadas ou muito surradas. Eu tirei duas sacolas de roupas completamente novas mas que não passam no meu quadril...snif, snif, snif.

Mas o negócio da hora é o desapego, o minimalismo, o viver com menos e melhor. Então, pra quê guardar roupas que não me servem mais, para ocupar um espaço que eu não tenho na esperança que, algum dia quem sabe, eu volte ao corpo que eu tinha há anos atrás?! Não, não, não. Vamos passar o que está em bom estado de conservação para quem realmente precisa e o que estiver velho vai para o lixo mesmo.

Mas acabei enfiando o pé-na-jaca à noite: comi um último pedaço de pizza com 1 copo de refrigerante. Buáááááááá! (pecado nº2). Mas, foi para despedir!

Segundona, pique da Globo para começar a nova vida!!! #sqn. Acordei com uma baita enxaqueca... não sei se foi a pizza ou se foi dormir com o cabelo molhado que pegou friagem. Acabei dormindo até às 8h30 por causa do remédio para enxaqueca. Mas, acordei e consegui fazer o meu café da manhã certo (ponto nº3) e fui caminhar! Como estava no meio da manhã, eu fiz apenas 0,5 hora de caminhada mas o importante é que fiz algum tipo de exercício e tomei o sol da manhã (ponto nº4). Voltei e ainda deu tempo de dar aquela ajeitada na casa, lavar o quintal da filhota e fazer o almoço. Ah, e claro ver mais um episódio de Gilmore Girls no Netflix (estamos na 5ª temporada...simplesmente perfeito!!!).

Só que o trabalho está sendo um problema. Acho que fico ansiosa parada na frente do computador com tão pouca coisa para fazer (agora é um período bem parado no setor que trabalho... aquela fase só de acompanhamento dos projetos e sem muita coisa para fazer além disso) e começo a comer. Comi um pacotinho de Salpex, 1 bombom ouro branco e tomei 0,5 xícara de café (das pequenas, ok?!). (pecado nº 3). No jantar, eu comi a quantidade certa de comida (no almoço também) e ainda comi uma fruta (ponto nº3).

À noite, não resisiti à um pão de mel com recheio de prestígio (pecado nº 4)- meu favorito - mas só tomei uma mini xícara de leite com achocolatado antes de dormir (ponto nº 4).

Saldo do dia - empate técnico! Vamos ver como me saio nos próximos dias.

Comentários

Teca Machado disse…
Mudar de hábitos alimentares é uma dificuldade profunda!
<3
Eu tento comer bem.
Não sou muito boa, mas também não sou muito ruim, hahaha.

Beijoooos

www.casosacasoselivros.com
Ana Nana disse…
Acho que a pior parte é a mudança alimentar. Até porque o garoto não está nessa comigo :(

Obrigada pelo carinho e pela visita!

Postagens mais visitadas deste blog

Tag de tudo um pouco

Oi, tudo bem?
A Mila me indicou nessa tag e eu amo participar de blogagens coletivas e tags, então... vamos lá:
Regras Deve indicar 11 blogs com menos de 500 seguidores; Colocar o selo da Tag; Colocar os créditos ao blog Atrás da Penteadeira; Colocar o blog que te indicou.


Perguntinhas 1- Qual seu estilo musical preferido? Boa pergunta...geralmente, gosto do que está tocando no rádio..se for pop rock, melhor ainda.
2- Qual peça de roupa é sua queridinha no momento? Meus shortinhos de calor, fresquinhos e floridos para ficar em casa de bobeira.
3- Qual de seus esmaltes é o mais divo? Marca e cor. Babado Forte, da linha Color Trend da Avon
4- Shorts ou saia? Por quê? Sempre shorts, não muito curto. Saia só se for longa.
5- Cabelo liso ou cacheado? Sempre cacheado
6- Salto ou sapatilha? Depende da ocasião.
7- Brigadeiro ou sorvete? No verão, um bom picolé de limão. No inverno, o brigadeiro de panela é imbatível.
8- Doce ou salgado? Depende do humor do meu estômago.
9- Como você define seu estilo? Casual.
10- Você…

Resenha - Melhor do que comprar sapatos

Oi, tudo bem?
Segundo livro do ano.. em março #vergonha.
Arrisquei no título Melhor do que comprar sapatos, da Cristiane Cardoso, publicado pela Editora Unipro.
Não sei se você já ouviu falar dela: filha do bispo Edir Macedo (já torceu o nariz?), casada com o Renato Cardoso, é apresentadora do Escola do Amor na Rede Record (torceu o nariz de novo?).
O livro, segundo o site da Livraria Cultura, não é simplesmente uma coletânea de artigos sobre a essência da mulher. O objetivo de sua autora, Cristiane Cardoso, é ir além e promover a transformação real do leitor, de dentro para fora. Sabendo que mudanças não acontecem da noite para o dia com a simples leitura de um livro, Cristiane aborda temas de importância para toda mulher. E todos esses temas apontam para o fato de que é preciso enxergar a vida mudando a nossa perspectiva. A partir dessa atitude, a autora defende que é possível ser uma mulher melhor em todos os sentidos. Como lidar com seus problemas? Quando um relacionamento funciona? C…

Fim

Oi, tudo bem?
Em 13 de janeiro de 2005, comecei um humilde blog (ainda no dominio zip.net da UOL) que viria durar mais de dez anos e contar com quase cem mil visualizações. Não sei se são números expressivos para alguns, mas para mim, são demais!!!!
Fiz muitos amigos (virtuais e reais) e pessoas especiais entraram na minha vida por causa desse blog. Conselhos, piadas, dicas... compartilhamos muitas coisas desde 2005.
Nestes mais de dez anos, muita coisa aconteceu. Eu mudei muito, mais muito mesmo, daquela garota de 2005: altos e baixos. Perdi, ganhei. Vivi pequenas e grandes vitórias. Sofri pequenos e grandes tombos. Realizei sonhos – alguns que eu nem imaginava realizar. Cresci em todos os setores: pessoalmente, profissionalmente e fisicamente (mais pros lados do que pra cima hehehe). E compartilhei tudo que foi possível pelos blogs, pela escrita. 
Mas, de uns tempos pra cá, as redes sociais como um todo tem me chateado muito e, particularmente por alguns episódios que tive que presencia…