Pular para o conteúdo principal

Gorda é a mãe!

Oi, tudo bem?

O que fazer quando você é questionada por uma pessoa sem noção - por mais de uma vez - com a pergunta "por que você engordou?".

Alternativa a: mata a pessoa.

Alternativa b: se mata.

Alternativa c: n.d.a.

No trabalho, usamos uniforme, ok?! E a costureira é sempre a mesma, que faz o uniforme "sob medida". Quando ela veio tirar nossas medidas - há dois meses atrás - ela já tinha soltado a pérola:

Costureira: Nooooooossa, o que aconteceu com você?
Eu: Casei
Costureira: Nooooooooossa, está no mesmo pasto que eu, então?! kkkkkkk
Eu: (SORRISO AMARELO, SEM REAÇÃO AO COMENTÁRIO).

Minha colega que estava na mesma sala saiu de lá em choque e contou pro departamento inteiro: que eu era muito fina, que eu deveria ter respondido à altura, que ela não toleraria isso. Mas, eu fiquei sem reação e acho que sempre vou ficar quando me ver em situações assim. Enfim, eu realmente deveria ter respondido à altura, mas volto à pergunta inicial do post: O que fazer quando você é questionada por uma pessoa sem noção - por mais de uma vez - com a pergunta "por que você engordou?".

Realmente, desde que casei, ganhei mais ou menos seis quilos. A balança fica entre 68 e 69 e não sai disso (e casei com quase 63). Não perdi tantas roupas depois de casada (apenas alguns casacos que ficaram mais justos na frente e uma calça jeans que deixou de fechar o zíper) e o garoto garante que continuo "boazuda e gostosa como sempre" hihihih... se ele está contente, acho que estou atingindo meu público alvo, ok?! Minha saúde está em dia: diabetes, colesterol, triglicérides.. até a enxaqueca deu uma folga nos últimos tempos. Peito e bunda sempre aumentam quando a gente casa (e eu me casei virgem, então peito e bunda com certeza iam aumentar depois que eu casasse). 

Hoje, lá fomos nós para fazer a prova do uniforme (dois meses depois e é só a prova). E ela tinha que soltar a mesma pérola da outra vez:

Costureira: Nooooooossa, mas por que você engordou tanto?
Eu: Casei
Costureira: kkkkkk Casou e relaxou, né?!
Eu: (DESTA VEZ, NÃO SORRI... SÓ RESPIREI FUNDO E ME RESUMI A EXISTIR).
Ela deve ter percebido o fora...
Costureira: Aaaaaah, mas você deve ser boa cozinheira, então?!
Eu: Acho que sim
Costureira: Porque eu não sou e bláblábláblábláblábláblá

Ela deve ter contado uma história sobre uma comida que ela fez e não deu certo e tal; confesso que não prestei muita atenção (ou prestei e prefiro nem comentar). Mas ela, como comerciante, deveria ter um pouquinho mais de simancol. Eu tenho certeza (pelo menos, prefiro pensar assim) que ela não teve a intenção de me ofender, nem me diminuir ou menosprezar. Mas a verdade é que esse tipo de comentário ofende.

Ofende quem diz que você "pelo menos, está saudável" quando você incha ao fazer quimioterapia (sério, uma amiga já ouviu isso!). 

Ofende quem disse "come senão você vai voar" quando você é muito magra e não consegue ganhar peso à nenhum custo do mundo (já ouvi isso vááááárias vezes). 

Ofende você mandar a menina prender o cabelo porque "é muito armado" quando você tem os cachos da Rayza Nicácio.

Ofende.

Simplesmente ofende.

Então, por favor, cuidem mais dos seus corpos e da suas vidas e menos da "saúde alheia". 

Comentários

Sileni Machado disse…
Oi Nana, sei bem como é esse tipo de coisa, já passei e passo por isso! Sempre fui muito magra e tive que aguentar comentários do tipo, "cuidado para não engolir um caroço de azeitona senão vão achar que vc está grávida" ou "senta aqui, vc é tão magrinha que cabem duas de você", mas quer saber? Não tô nem aí pra esse povo sem noção! Vamos ser felizes!
Bjs, ótimo dia, obrigada pela sua visita! 😊🌹
Ana Nana disse…
Oi Sileni, muito obrigada pela visita e pelo apoio. O importante é a gente se amar e estar bem com quem nos interessa e nós ama. Volte sempre!
Danielle Marques disse…
oi nana! vc ja pensou em ser escritora? pq vc tem uma aptidão pra escrita fabulosa. olha nana, eu tambem engordei depois do casamento, e ainda nao consegui emagrecer, menina! há muito preconceito desinrustido nisso, teve um que(por sinal é beeem gorda e antes era magra)que me fez a mesma pergunta! e eu respondi: como eu engordei? comendo, oras! ahahaha isso tudo no meu ambiente de trabalho onde a gente tem que ser super educada e delicada pra nao ofender o "freguês" depois ela soltou: vc se debochou bastante! eu simplesmente a olhei com o ar, "nós nos debochamos né, quiridã!" ahaha ela percebeu e concordou que ela tambem havia ganhado quilos e quilos tambem! isso foi há quase 3 anos, e eu ainda lembro como se fosse hoje, pq aquilo me magoou de uma forma! me fez me sentir feia, indesejável, como se eu não fosse mais bonita pq estou mais cheinha sabe? a sociedade é muito cruel com o que ela não considera o padrão do que é "correto". as pessoas te olham como se vc tivesse que serguir uma cartilha pra ser boa e corresponder as expectativas do mundo. outra pergunta chaterrimaaa: quando vc vai encomendar o bebe? cuidado, mãe muito velha não é bom! misericordia, senhor! desisto do mundo! ahahaha beijo nana!
Olá tudo bom!
É realmente muuuito chato quando as pessoas se acham no direito de julgar nossa forma física.
No caso você ter casado virgem não teve nenhum efeito sobre o seu corpo. Isso é um mito de que depois que perdemos a virgindade nosso corpo ganha formas.
Mas enfim, acho que todo mundo (principalmente as mulheres) tem que lidar com esse tipo de coisa, infelizmente.
Eu não sei qual seria a minha reação se acontecesse comigo, mas gosto de imaginar que eu daria a devida resposta haha

beijos
www.ooutroladodaraposa.com.br
Rosana disse…
Nana,

Esse tipo de situação é bem desagradável...
O pior foi a costureira ter abordado o mesmo assunto nas 2 vezes, que falta de tato para lidar com as pessoas.


Abraços,
Nana disse…
Dani: realmente,é um saco lidar com esse tipo de gente sem noção, mas faz parte da vida, né?! Obrigada pelo carinho e pelos elogios :)
Nana disse…
Raíssa: sei lá se tem a ver o casamento com a gordura, o sexo com a gordura kkkk fato é que meus peitos ganharam 10 cm, minha bunda ganhou 5cm e a barriga....nem contei quantos cm ainda kkkk Obrigada pela visita!!!
Nana disse…
Rosana: realmente, o que mais me chocou foi a falta de noção mesmo. Como comerciante, eu acho que ela deveria elevar minha moral, me dizer o quanto eu fico linda com as roupas delas... não me jogar no buraco, né?! Obrigada pelo carinho e pela visita.
Lulu on the sky disse…
Olá Nana,
Cada uma sabe de si. Eu não casei, mas engordei com o passar dos anos por causa do metabolismo que fica mais lento sabe? Manda catar coquinho na ladeira.
big beijos
Ana Nana disse…
Lulu: com certeza o fator metabolismo ladeira abaixo conta muito, né?! Percebi a diferença do meu quando eu fico doente: antes, qualquer resfriado me levava quilos embora; agora, não faz nem cosquinha nas minhas banhas kkkk. Obrigada pela visita!
Anônimo disse…

Quando a pessoa é sem noção, o jeito é fingir que não ouviu. Porque o número de pessoas assim é muito grande. Este mês fui fazer meu exame ginecológico de rotina, e foi minha primeira vez com a doutora em questão. Na hora de examinar as mamas, ela disse: "onde estão as mamas? Ficou em baixo da cama? Quando chegar em casa, olha embaixo da cama para ver se estão lá! Todas nós sabemos que o exame não é nada confortável, e ainda ouvir uma depreciação dessas... Eu não respondi nada. Quando me levantei ela muito sem graça disse "agora apareceu mais!", aí eu disse: É a lei da gravidade. Uso sutiã 38/40. Como percebe, o problema não está em nós, está nas pessoas que não conseguem ficar em silêncio, mesmo sabendo que não tem o dom da sabedoria para falar. Fica em paz. Maria
Nana disse…
Maria, tô chocada com a sua história. Isso merecia uma reclamação no seu plano de saúde ou no hospital q foi atendida. Meus parabéns que vc teve jogo de cintura e manteve sua educação. Obrigada pelo carinho e pela visita.
Teca Machado disse…
Quando perguntarem por que você engordou, respondeu que é porque você comeu.
Simples assim.
Hahahaha.
Sempre tem umas pessoas sem noção no caminho da gente.
Nem vale a pena responder, como você bem fez.

Beijooos

www.casosacasoselivros.com
www.livrosdateca.com
Gisley Scott disse…
Que mulher mais sem noção, além de não ser profissional! Uma vez uma menina que trabalha comigo perguntou se eu estava grávida, aí eu disse: não, só gorda mesmo. Olha que o fiofis dela caiu da bunda! Aí ela quis consertar e depois deu uma de falsiane, sabe?

Mas desde que perdi peso, todo mundo comentou, menos ela. Por que será????
beijos


www.vivendolaforanoseua.blogspot.com
Nana disse…
Teca, gostei da resposta kkkkkk
Nana disse…
Gisley, fiquei espantada com a quantidade de comentários de pessoas que passaram por situações semelhantes. Como tem gente sem noção no mundo!

Postagens mais visitadas deste blog

Tag de tudo um pouco

Oi, tudo bem?
A Mila me indicou nessa tag e eu amo participar de blogagens coletivas e tags, então... vamos lá:
Regras Deve indicar 11 blogs com menos de 500 seguidores; Colocar o selo da Tag; Colocar os créditos ao blog Atrás da Penteadeira; Colocar o blog que te indicou.


Perguntinhas 1- Qual seu estilo musical preferido? Boa pergunta...geralmente, gosto do que está tocando no rádio..se for pop rock, melhor ainda.
2- Qual peça de roupa é sua queridinha no momento? Meus shortinhos de calor, fresquinhos e floridos para ficar em casa de bobeira.
3- Qual de seus esmaltes é o mais divo? Marca e cor. Babado Forte, da linha Color Trend da Avon
4- Shorts ou saia? Por quê? Sempre shorts, não muito curto. Saia só se for longa.
5- Cabelo liso ou cacheado? Sempre cacheado
6- Salto ou sapatilha? Depende da ocasião.
7- Brigadeiro ou sorvete? No verão, um bom picolé de limão. No inverno, o brigadeiro de panela é imbatível.
8- Doce ou salgado? Depende do humor do meu estômago.
9- Como você define seu estilo? Casual.
10- Você…

Fim

Oi, tudo bem?
Em 13 de janeiro de 2005, comecei um humilde blog (ainda no dominio zip.net da UOL) que viria durar mais de dez anos e contar com quase cem mil visualizações. Não sei se são números expressivos para alguns, mas para mim, são demais!!!!
Fiz muitos amigos (virtuais e reais) e pessoas especiais entraram na minha vida por causa desse blog. Conselhos, piadas, dicas... compartilhamos muitas coisas desde 2005.
Nestes mais de dez anos, muita coisa aconteceu. Eu mudei muito, mais muito mesmo, daquela garota de 2005: altos e baixos. Perdi, ganhei. Vivi pequenas e grandes vitórias. Sofri pequenos e grandes tombos. Realizei sonhos – alguns que eu nem imaginava realizar. Cresci em todos os setores: pessoalmente, profissionalmente e fisicamente (mais pros lados do que pra cima hehehe). E compartilhei tudo que foi possível pelos blogs, pela escrita. 
Mas, de uns tempos pra cá, as redes sociais como um todo tem me chateado muito e, particularmente por alguns episódios que tive que presencia…

Resenha - Melhor do que comprar sapatos

Oi, tudo bem?
Segundo livro do ano.. em março #vergonha.
Arrisquei no título Melhor do que comprar sapatos, da Cristiane Cardoso, publicado pela Editora Unipro.
Não sei se você já ouviu falar dela: filha do bispo Edir Macedo (já torceu o nariz?), casada com o Renato Cardoso, é apresentadora do Escola do Amor na Rede Record (torceu o nariz de novo?).
O livro, segundo o site da Livraria Cultura, não é simplesmente uma coletânea de artigos sobre a essência da mulher. O objetivo de sua autora, Cristiane Cardoso, é ir além e promover a transformação real do leitor, de dentro para fora. Sabendo que mudanças não acontecem da noite para o dia com a simples leitura de um livro, Cristiane aborda temas de importância para toda mulher. E todos esses temas apontam para o fato de que é preciso enxergar a vida mudando a nossa perspectiva. A partir dessa atitude, a autora defende que é possível ser uma mulher melhor em todos os sentidos. Como lidar com seus problemas? Quando um relacionamento funciona? C…