Mostrando postagens com marcador 2011; dezembro; correria; amor; amigos;saudades. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador 2011; dezembro; correria; amor; amigos;saudades. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

2011 está acabando...

Oi, tudo bem?


Nossa, dá para acreditar que já estamos em dezembro?! O ano passou voando ou fui eu que não prestei atenção no calendário?! Caramba! E eu tinha tanta coisa planejada para esse ano...snif.


O final do ano vem aí e as mudanças já estão acontecendo antes da virada. Como já é de domínio público, sou uma garota quase-comprometida. Digo "quase" porque estamos "só saindo", "sem compromisso", "sem envolver a família"...rsrsrs... e lá se vão todas as justificativas do mundo para não assumir um compromisso sério perante o resto do planeta.


Sei lá quem está querendo enganar quem (ou SE alguém está querendo se enganar) mas, pra ser sincera, prefiro levar a situação da forma que está (e olha que já faz um mês!) do que ter que encarar um almoço de família no Natal, passar a virada do ano com a sogra...rsrsrs... E também não tenho tanta certeza se essa história toda vai dar em algum lugar porque ele é tão diferente de mim, às vezes. E, outras vezes, ele parece que foi feito na medida certa para mim.


Bom, enfim... tirando o novo amor da praça - o garoto, como acostumei a chamá-lo por aqui (meus queridos amigos já perceberam que gosto de manter um pouco do sigilo da minha identidade e da minha família e amigos, certo?!), recebemos uma bomba no trabalho: uma grande colega nossa pediu demissão.


Do nada.


Ela é parte da nossa equipe e resolveu sair assim, aos 15 minutos do 2º tempo da prorrogação, porque quer se realizar profissionalmente em outra área. Mas ela ainda não tem nada definido da outra área. E isso deu uma sensação de perda, de tristeza porque mais uma que vai...


Eu não gosto de me sentir assim: com os amigos indo e eu ficando. Tudo bem que acredito que estou bem melhor que ela, mas essa sensação de separação é sempre ruim né?! Esses dias atrás, eu estava vendo umas fotos da turma de amigos da atual igreja que frequento, nos dias em que eu comecei a ir lá. Nossa, bateu a saudade! Saudade de sair com a galera toda e montar aquelas mesas italianas gigantes, com um monte de gente conversando, dando risada, curtindo.


Alguns até estão bastante empenhados em reunir a turma de novo, mas o tempo passa, certo?! E, com isso, as pessoas mudam de opinião, de gosto, de atitude. E daí, a gente fica pra trás, com aquela sensação de perda, de que está faltando alguma coisa. Mas, c'est la vie....

O fim de uma era

Oi , tudo bem? Não, esse post não é sobre o fim do blog. Apesar de não atualizar mais com tanta frequência, continuo voltando aqui vez ...