Pular para o conteúdo principal

Olha o fogo!

Oi, tudo bem?

Em 2008, eu tive que participar de um treinamento de brigada de incêndio no meu trabalho. Desde então, nunca mais fizemos nada a respeito disso por vários motivos: o prédio nosso não tem alvará, não temos muitos equipamentos de segurança, graças a Deus nunca aconteceu nada de grave. 

Mas esse ano, acho que por causa da tragédia da Kiss, nossa sede resolveu voltar com os programas de treinamento e estão mandando técnicos de segurança em cada unidade para ver como tudo está funcionando.

Na nossa unidade, nada estava funcionando. Então, no meio do monte de coisa que já temos para fazer, vamos revitalizar a brigada, treinar novos brigadistas e começar os treinamentos com clientes e funcionários para estarem preparados para o caso de uma tragédia.

Ontem, fizemos nosso primeiro exercício de abandono de prédio. E lá estava eu, como brigadista, fazendo a retirada do pessoal, a varredura do prédio e conferindo os pontos. Bom, se fosse caso real mesmo, a gente tinha morrido: não temos sirene de incêndio e o sinal que foi instalado (tipo de escola) não dá para ouvir no andar de baixo: só fiquei sabendo que era hora de sair quando vi o pessoal se amontoando do lado de fora do prédio. A varredura dos ambientes foi um pouco demorada - cerca de 1 minuto e meio que é um tempo grande em hora de incêndio. Tivemos 2 clientes que deram um pouco de "trabalho" e que não queriam sair, disseram que isso tudo era besteira e ainda seguiram para o lado errado sem a nossa autorização.

Mas o exercício até que foi legal e aprendemos bastante coisa - o que mais me preocupou é o fato dos brigadistas serem responsáveis civis e criminais no caso de incêndio, se for provado que nada foi feito para salvar as vítimas.

Agora, vamos montar nosso plano de ação para 2014, treinar novos brigadistas porque temos um horário de funcionamento da empresa com um fluxo muito grande de clientes e apenas 2 brigadistas em trabalho - e um deles sou eu hehehe - e orar sempre para que nada de ruim aconteça.

Para quem quiser conhecer mais sobre o tema, clique aqui.

Comentários

Menina, vou sugerir fazer um trem desse no colégio, porque nesse tempo todo em que trabalho lá, nunca teve um treinamento assim...
Sei o quanto isso é importante!

Parabéns por "puxar" a segurança do seu trabalho!

Um beijo,

http://algumasobservacoes.blogspot.com.br/
http://escritoshumanos.blogspot.com.br/

Postagens mais visitadas deste blog

Tag de tudo um pouco

Oi, tudo bem?
A Mila me indicou nessa tag e eu amo participar de blogagens coletivas e tags, então... vamos lá:
Regras Deve indicar 11 blogs com menos de 500 seguidores; Colocar o selo da Tag; Colocar os créditos ao blog Atrás da Penteadeira; Colocar o blog que te indicou.


Perguntinhas 1- Qual seu estilo musical preferido? Boa pergunta...geralmente, gosto do que está tocando no rádio..se for pop rock, melhor ainda.
2- Qual peça de roupa é sua queridinha no momento? Meus shortinhos de calor, fresquinhos e floridos para ficar em casa de bobeira.
3- Qual de seus esmaltes é o mais divo? Marca e cor. Babado Forte, da linha Color Trend da Avon
4- Shorts ou saia? Por quê? Sempre shorts, não muito curto. Saia só se for longa.
5- Cabelo liso ou cacheado? Sempre cacheado
6- Salto ou sapatilha? Depende da ocasião.
7- Brigadeiro ou sorvete? No verão, um bom picolé de limão. No inverno, o brigadeiro de panela é imbatível.
8- Doce ou salgado? Depende do humor do meu estômago.
9- Como você define seu estilo? Casual.
10- Você…

Resenha - Melhor do que comprar sapatos

Oi, tudo bem?
Segundo livro do ano.. em março #vergonha.
Arrisquei no título Melhor do que comprar sapatos, da Cristiane Cardoso, publicado pela Editora Unipro.
Não sei se você já ouviu falar dela: filha do bispo Edir Macedo (já torceu o nariz?), casada com o Renato Cardoso, é apresentadora do Escola do Amor na Rede Record (torceu o nariz de novo?).
O livro, segundo o site da Livraria Cultura, não é simplesmente uma coletânea de artigos sobre a essência da mulher. O objetivo de sua autora, Cristiane Cardoso, é ir além e promover a transformação real do leitor, de dentro para fora. Sabendo que mudanças não acontecem da noite para o dia com a simples leitura de um livro, Cristiane aborda temas de importância para toda mulher. E todos esses temas apontam para o fato de que é preciso enxergar a vida mudando a nossa perspectiva. A partir dessa atitude, a autora defende que é possível ser uma mulher melhor em todos os sentidos. Como lidar com seus problemas? Quando um relacionamento funciona? C…

Fim

Oi, tudo bem?
Em 13 de janeiro de 2005, comecei um humilde blog (ainda no dominio zip.net da UOL) que viria durar mais de dez anos e contar com quase cem mil visualizações. Não sei se são números expressivos para alguns, mas para mim, são demais!!!!
Fiz muitos amigos (virtuais e reais) e pessoas especiais entraram na minha vida por causa desse blog. Conselhos, piadas, dicas... compartilhamos muitas coisas desde 2005.
Nestes mais de dez anos, muita coisa aconteceu. Eu mudei muito, mais muito mesmo, daquela garota de 2005: altos e baixos. Perdi, ganhei. Vivi pequenas e grandes vitórias. Sofri pequenos e grandes tombos. Realizei sonhos – alguns que eu nem imaginava realizar. Cresci em todos os setores: pessoalmente, profissionalmente e fisicamente (mais pros lados do que pra cima hehehe). E compartilhei tudo que foi possível pelos blogs, pela escrita. 
Mas, de uns tempos pra cá, as redes sociais como um todo tem me chateado muito e, particularmente por alguns episódios que tive que presencia…