Blogagem Coletiva - Dia da Família ou Dia do Amor

Oi, tudo bem?

Mais um post coletivo por aqui (estou ficando expert nisso). A Mirys, minha querida quase-irmã teve uma idéia linda: para comemorar o aniversário do querido e inesquecível Fernando, foi instituído entre os amigos e queridos próximos (não, não é uma data oficial do calendário brasileiro...rsrsrs....ainda), que o dia 31.05 seria o dia da família! Um dia para passarmos um tempo com alguém da família (ou alguém que signifique muito pra você). Uma visita, um lanche ou chá da tarde, um passeio, uma carta (não vale e-mail porque é muito automático)... Enfim, qualquer gesto que demonstre carinho para aqueles que você ama.

Para começar esquentar os motores, hoje temos blogagem coletiva sobre família e amor.

Minha família é bem pequenininha: somos eu, mammy e pappy. A Nininha também faz parte da família, como a cachorrinha mais irmã que eu tenho (a Rosquinha tb foi muito importante, vocês podem conferir aqui). Referente à parentes....bom, digamos que minha família nunca foi muito boa em relacionamentos familiares. Não tenho lembranças de Natais ou festas de final de ano com todos reunidos. Mas tenho ótimas lembranças de momentos mais que especiais que passei junto das pessoas mais importantes do mundo pra mim: pappy e mammy.

Já enfrentamos tantas coisas juntos que nem dá pra listar aqui. Muitas coisas terríveis, que quase fizeram cada um ir pro seu canto. Mas, graças ao amor que Deus tem por nós, continuamos firmes e fortes e sobrevivemos à tudo. E é tão bom olhar pra trás e ver que temos muitas estórias pra contar.

Uma vez eu vi uma filme que chama A FILHA DO PASTOR e o pastor diz sempre uma frase pra filha: “Ninguém cuida melhor da família do que a família”. E como isso é verdade! Não existe coisa melhor do que colo de mãe, abraço de pai, comida caseira. A família é a base para qualquer crescimento saudável e deve ser muito bem pensada e estruturada para gerar seres humanos melhores, que possam fazer a diferença no mundo.

Além dessas 3 pessoas especiais – sim, porque a Nina pensa que é gente...rsrsrs – tenho amigos mais que chegados que irmãos. Tenho amigos reais maravilhosos (Mirys, você e toda sua family estão incluídos aqui, ok?! Toda sua mega família que me adotou como quase-irmã há bem mais de dez anos - ufa.....faz tanto tempo assim?! rsrsrs). Tem os meus amigos da outra igreja que são pessoas mais que especiais e que também estiveram do meu lado em momentos únicos no último ano – ano que foi um dos mais intensos da minha vida. Tenho grandes amigos na net, pessoas com quem eu posso contar pra desabafar, chorar, dar risada, mesmo sem conhecer ao vivo e a cores....rsrsrs.... E sempre tem aquelas pessoas que passaram pela nossa vida em algum momento e marcaram de tal forma que a gente não esquece, mesmo que esteja longe e há muito tempo sem se ver. Acho que isso é uma ótima demonstração de família e amor.

Eu ainda não sei se estou preparada para ter minha própria família, casar, ter filhos. Às vezes, penso que não nasci com essa vocação, mas quem vai conhecer os planos de Deus né?! Mas confesso que seu conseguir ser 0,5% do que meus pais foram pra mim...ufa, já foi me sentir mais que realizada e garanto que vou ser uma excepcional mãe e esposa. Só falta achar o candidato....rsrsrsrsrsrsrs.

Comentários

Cin disse…
Por tudo que vc mostrou sobre os seus valores nesse post, eu acho que vc tem muitaaaa vocação para construir uma familia linda.
Boa sorte com o candidato :)
Bjos!
Luma Rosa disse…
Nana, amor se aprende! Tenho certeza que será uma excelente mãe! Beijus,

Postagens mais visitadas