Pular para o conteúdo principal

Rumo aos 40!

Oi, tudo bem?

Terça feira fiz 34 anos. 

Não teve comemoração.

Meu digníssimo marido só me deu um parabéns com um beijo pela manhã.

Não ganhei nenhum presente dele.

Mammy me deu uma camisola de cetim com estampas de cachorros, uma camiseta azul royal, pagou nosso almoço na churrascaria e fez um pudim de leite condensado que eu estava morrendo de vontade de comer.

Aliás, comi tanto que me atacou a enxaqueca.

A vida está parada.

Não estou muito satisfeita com o rumo do meu casamento (tem pontos bons, mas tem muitos pontos a melhorar). Passamos o aniversário de casamento em branco, meu aniversário em branco. Estamos caindo na rotina e eu não sei o que fazer, ou na verdade, eu não estou com vontade de fazer muita coisa porque sempre sou só eu que faço, que vou atrás de fazer: queria que ele tomasse mais a iniciativa. 

O trabalho está naquele marasmo de sempre, sem novidades para aprender, sem estímulos para crescer. Trabalhamos em sete mulheres no mesmo setor e as conversas são sempre muito competitivas, do tipo quem está mais endividada, quem tem mais problemas para resolver. É uma competição para mostrar quem precisa mais do emprego que chega a irritar. Daí, eu evito entrar na conversa para não gerar mais polêmica e minha coordenadora me diz que sou muito fechada, que não interajo com o grupo. #ninguemmerece

Tem a minha saúde também que não anda aquelas coisas. Tinha começado o ano feliz, voltei para a academia e para a dieta. Só que os exercícios desencadearam crises de enxaquecas históricas de novo e eu tive que parar de malhar, por orientação médica: o meu médico disse que a tendência é que isso iria melhorar com o tempo, mas quem aguenta dois meses de tortura para, quem sabe um dia, ter uma luz no horizonte? Eu tenho vida, trabalho, marido, casa, amigos e não posso ficar quase todo dia tendo que parar minhas atividades para ficar deitada no escuro e no silêncio com bolsa gelada na testa! O peso extra está difícil de perder, não consigo acertar minha alimentação e os exercícios não estão sendo prioridade no momento, como deveriam.

E o que está mais me incomodando: a fé. Não estou indo na minha igreja, o garoto não está indo na igreja dele, ainda não achamos uma igreja para frequentar juntos e sinto que estou disperdiçando meu tempo, sem investir na minha comunhão com Deus.

O post ficou pesado mas, de uns tempos pra cá, meus posts de aniversário sempre são um pouco pesados. Talvez porque seja um dia de reflexão sobre o que eu fiz até agora e sobre o que vou fazer daqui para frente.

Continuo sem respostas satisfatórias para as duas questões.

Comentários

Se eu estivesse no seu lugar, faria uma lista de desejos. O que você mais quer hoje?
Depois, veria o que é preciso para fazer da lista realidade. Transformaria isso td num plano de ações e correria atrás.
Não sou casada, então não posso comentar mto sobre casamentos, mas sou daquelas que a acha que tudo na vida se resolve com uma boa conversa. Ainda há tempo de comemorar! :) Quem sabe uma viagem de fim de semana para algum lugar próximo não ajude a dar um gás e espantar a rotina?

Espero que td dê certo por aí!

Beijos,

Algumas Observações
Nana disse…
Nada como um bom conselho de uma amiga ( mesmo que seja virtual :) ). Adoro listas e sua sugestão foi uma ótima ideia! Além do que, nada como um dia depois do outro p colocar as idéias em ordem. Infelizmente, aniversários me deixam assim desde que passei da casa dos 30. Obrigada pelo carinho e pela visita.
Hellz. disse…
OI NANA

apesar de tudo, te desejo um feliz aniversário atrasado. Boas energias nessa idade nova!

sinto bastantte que as coisas não estejam saindo da maneira que você gostaria, mas as vezes tem de piorar pra melhorar depois, será que nao seria o caso? vamos torcer pra que sim :(

beijo
beinghellz.com
Nana disse…
Eh, algumas coisas não estão exatamente como eu queria mas a vida eh assim, né?! Agora que já passou, estou melhor. Obrigada pelo carinho e pela visita.
Drevys disse…
Olá! Espero que as coisas melhorem logo para você... Quem sabe uma caminhada ao ar livre não te ajudaria na questão de exercícios e já seria um tempo para pensar no que pode mudar em seu casamento?

Beijos!!!
Marcos Almeida disse…
É assim mesmo, o tempo passa rápido demais. As vezes fico imaginando com era bom o passado
Ana Nana disse…
Graças a Deus, estão melhores. Obrigada pelo carinho e pela visita.
Ana Nana disse…
A nostalgia eh boa, maw o negócio eh olhar p frente tb. Obrigada pela visita.
Nana, parabéns atrasado.
Quanto ao casamento, já desanimei de só eu ficar inventando, criando comemorações e tal, mas depois relaxei quanto a isso. As vezes invento algo, quanto não to afim nao invento. E to muito mais feliz assim.

Beijossssssss
┌──»ʍi૮ђα ツ
Ana Nana disse…
E assim vamos levando...As adaptações são complicadas mesmo.

Postagens mais visitadas deste blog

Tag de tudo um pouco

Oi, tudo bem?
A Mila me indicou nessa tag e eu amo participar de blogagens coletivas e tags, então... vamos lá:
Regras Deve indicar 11 blogs com menos de 500 seguidores; Colocar o selo da Tag; Colocar os créditos ao blog Atrás da Penteadeira; Colocar o blog que te indicou.


Perguntinhas 1- Qual seu estilo musical preferido? Boa pergunta...geralmente, gosto do que está tocando no rádio..se for pop rock, melhor ainda.
2- Qual peça de roupa é sua queridinha no momento? Meus shortinhos de calor, fresquinhos e floridos para ficar em casa de bobeira.
3- Qual de seus esmaltes é o mais divo? Marca e cor. Babado Forte, da linha Color Trend da Avon
4- Shorts ou saia? Por quê? Sempre shorts, não muito curto. Saia só se for longa.
5- Cabelo liso ou cacheado? Sempre cacheado
6- Salto ou sapatilha? Depende da ocasião.
7- Brigadeiro ou sorvete? No verão, um bom picolé de limão. No inverno, o brigadeiro de panela é imbatível.
8- Doce ou salgado? Depende do humor do meu estômago.
9- Como você define seu estilo? Casual.
10- Você…

Fim

Oi, tudo bem?
Em 13 de janeiro de 2005, comecei um humilde blog (ainda no dominio zip.net da UOL) que viria durar mais de dez anos e contar com quase cem mil visualizações. Não sei se são números expressivos para alguns, mas para mim, são demais!!!!
Fiz muitos amigos (virtuais e reais) e pessoas especiais entraram na minha vida por causa desse blog. Conselhos, piadas, dicas... compartilhamos muitas coisas desde 2005.
Nestes mais de dez anos, muita coisa aconteceu. Eu mudei muito, mais muito mesmo, daquela garota de 2005: altos e baixos. Perdi, ganhei. Vivi pequenas e grandes vitórias. Sofri pequenos e grandes tombos. Realizei sonhos – alguns que eu nem imaginava realizar. Cresci em todos os setores: pessoalmente, profissionalmente e fisicamente (mais pros lados do que pra cima hehehe). E compartilhei tudo que foi possível pelos blogs, pela escrita. 
Mas, de uns tempos pra cá, as redes sociais como um todo tem me chateado muito e, particularmente por alguns episódios que tive que presencia…

Resenha - Melhor do que comprar sapatos

Oi, tudo bem?
Segundo livro do ano.. em março #vergonha.
Arrisquei no título Melhor do que comprar sapatos, da Cristiane Cardoso, publicado pela Editora Unipro.
Não sei se você já ouviu falar dela: filha do bispo Edir Macedo (já torceu o nariz?), casada com o Renato Cardoso, é apresentadora do Escola do Amor na Rede Record (torceu o nariz de novo?).
O livro, segundo o site da Livraria Cultura, não é simplesmente uma coletânea de artigos sobre a essência da mulher. O objetivo de sua autora, Cristiane Cardoso, é ir além e promover a transformação real do leitor, de dentro para fora. Sabendo que mudanças não acontecem da noite para o dia com a simples leitura de um livro, Cristiane aborda temas de importância para toda mulher. E todos esses temas apontam para o fato de que é preciso enxergar a vida mudando a nossa perspectiva. A partir dessa atitude, a autora defende que é possível ser uma mulher melhor em todos os sentidos. Como lidar com seus problemas? Quando um relacionamento funciona? C…