Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens com o rótulo salão

A saga dos casamentos - parte eu-não-sei-mais-qual-é

Oi, tudo bem?
Bem, amigos da Rede Globo, estamos aqui de volta com mais um episódio da saga dos casamentos. Acharam que tinha acabado? Acharam que não tinha mais ninguém para se casar no meu círculo de amigos? Ledo engano, meus caros.
Esse ano eu já tive um casamento de uma grande amiga, enquanto o garoto estava com o braço engessado. Depois, no mês passado, tivemos uma pequena cerimônia para ir de uma estagiária do nosso trabalho que optou por fazer apenas a cerimônia religiosa aberta para todos e ofereceu a festa apenas para os padrinhos. Foi bem simples e eu achei bem legal, principalmente a atitude dos noivos de agradecer do altar a todos os convidados presentes por comparecerem em um momento tão especial para eles. 
E ainda tinha mais um casamento de uma moça que trabalha com a gente que foi no último final de semana. O casamento já estava previsto para ser bem original porque a família dela é de origem católica e a família dele é das igrejas evangélicas bem tradicionais, super anti…

Shall we dance?

Oi, tudo bem?
Bem, a segunda leva de casamento deste ano terminou no último sábado, dia 25. Ufa!!!
Saldo final: 2 presentes de casamento - um pago e um a pagar (ainda bem que mais 2 amigas vão dividir esta última conta...); 3 vestidos novos (1 pago e 2 a pagar) e um bom prejuízo pro garoto que praticamente teve que comprar um guarda roupa novo porque não tinha roupa social para ir.
O primeiro casamento foi muito legal. Foi o casamento de uma grande amiga minha, mas pra ser sincera, sabe aquele dia que você não está pra festa?!
Eu fui lá por causa da tremenda consideração e carinho que tenho por ela e por toda a família, mas ficamos bem pouco na festa... A gente chegou cedo pra pegar lugar porque a cerimônia ia ser no salão da festa; daí, sentamos num cantinho sossegado pra ficar curtindo na paz. Daqui a pouco, chega um pessoal e vai pegando cadeira e ajeitando toda a família na mesa, sem perguntar se podia, se não ia atrapalhar...mal cumprimentaram ele - e daí, eu já não gostei mesmo.
E…