Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens com o rótulo cristãos

Presentes de Natal

Oi, tudo bem?
Ho ho ho. Papai Noel chegou. Como passaram de Natal? Espero que bem, sem exageros de comida ou bebida e sem a hipocrisia que rege algumas festa de família, infelizmente.
Bom, faz tempo que estou para publicar este post sobre os presentes de Natal que escolhi dar esse ano. Na verdade, nós damos esses presentes todos os anos mas acho que nunca falei deles por aqui.
Já somos colaboradores do Portas Abertas há alguns anos. Pra quem não conhece, Portas Abertas ou Open Doors é uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países onde existe algum tipo de proibição, condenação, execução ou ameaça à vida das pessoas ou à sua liberdade de crer e cultuar Jesus Cristo.Na Coreia do Norte - muito em moda agora por causa do ataque da Sony - é proibido ser cristão. Todos os cidadãos são obrigados a adorar somente o presidente do país Kim Jong Il. Quem assume a identidade cristã é punido com morte ou prisão em campos de trabalhos forçados. No Brasil, nossa missão é divulgar e…

Especial - Sejamos gratos

Oi, tudo bem?
Muitos aqui sabem da minha alegria por ser parceira do Missões Portas Abertas e poder ajudar cristãos que vivem em países com perseguição religiosa. Na última semana, tive contato com uma história que me surpreendeu muito por se tratar de um jovem como eu e, por isso, queria compartilhar com vocês aqui - a íntegra da história pode ser lida aqui.
UZBEQUISTÃO (9º país na classificação de perseguição religiosa) – Desde janeiro de 2010, Tohar Haydarov, 27 anos, foi perseguido por se converter ao cristianismo. A polícia local pressionou fisicamente Tohar a negar Jesus, mas ele se recusou a fazê-lo. Inesperadamente drogas foram encontradas em seus bolsos e um saco plástico com maconha em seu apartamento e ele acabou sendo preso. Em março de 2010, foi condenado a 10 anos de prisão por posse e fabricação de drogas e o Tribunal Regional rejeitou o recurso de Tohar, que foi enviado para um campo de trabalho em Qarshia, a 400 km de sua cidade natal. Durante o julgamento, Tohar teve u…