Mostrando postagens com marcador SIU. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador SIU. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 5 de novembro de 2018

Quem eu mato primeiro?

Oi, tudo bem?

Dentre todos os episódios estranhos da adaptação do SIU, eu tive muitos sangramentos de escapes, inchaço abdominal e cólicas estranhas.

Com 1 mês de uso, eu fui fazer os exames de rotina para monitorar se estava tudo ok. Exame de sangue em ordem - até o colesterol começou a baixar depois que parei com os remédios. Depois tinha o ultrassom para ver se o SIU estava no lugar.

A médica que fez o exame na clínica particular que meu convênio cobre falou que estava tudo certo e o SIU estava bem posicionado. Quando fui buscar o resultado dos exames, vi que o laudo veio com SINDROME DO OVARIO POLICISTICO e não veio falando nada do SIU.

No mesmo dia, talvez por nervoso, talvez por coincidência, comecei a sangrar. Sangrar pra valer. Fiquei alguns dias assim. E, desesperada como sou, mandei um whats pra minha médica/amiga que se dispôs a me atender no plantão dela na Maternidade da Santa Casa da cidade.

Chegando lá, o guarda me questionou:
"- Vai onde?
- 3º Andar com a Dra. Fulana.
- Vai fazer o que lá?
- (Juro que minha vontade foi falar: fazer crochê com ela). Exame, estou com sangramento.
- (acho que ele pensou que eu estava grávida). Claro, pode subir!"

Chegando lá, ela esperava que eu tivesse levado os exames lá mas eu não levei e daí ela me deu um soro interminável para tomar para tentar cortar o sangramento. Que foi em vão porque eu continuei sangrando até a semana que seguinte que eu tinha consulta com ela.

Chegando no consultório, dessa vez levando os exames, ela olhou, olhou, olhou, me examinou (porque não dava para examinar no hospital na hora que eu fui) e concluiu: seus exames estão errados e você só está menstruada. 


Lá fui eu de volta na clínica questionar o lado do exame e a recepcionista disse que iria verificar. Quando voltei à tarde, ela veio com aquela cara fofa-de-quem-não-tem-culpa-de-nada e disse bela e plena: " Me desculpa, trocamos os exames". Foi tão espontâneo que soltei na cara dela: "Ainda bem que não era exame de câncer". 

Meu laudo correto constava a posição do SIU e que todo o resto estava ok. Conforme minha médica previu, a menstruação cessou 3 dias depois da consulta.

Só fiquei na dúvida se matava primeiro a médica que fez o exame e não conferiu os laudos ou a recepcionista que falou com tanta calma que tinha sido erro médico. Por fim, não matei ninguém porque o crime não compensa.

domingo, 4 de novembro de 2018

DIU ou SIU?

Oi, tudo bem?

Tomo anticoncepcional há quase 7 anos. Comecei com ele porque já tinha tentado vários outros métodos para tratar as cólicas menstruais tenebrosas que eu tinha todo mês. 

Primeiro, tomei o Allestra 20 que me inchou alguns quilos e me dava enxaquecas terríveis durante a pausa. Depois foi o Qlaria que era contínuo e praticamente igual à àgua pro meu corpinho: não dava dor de cabeça nem cortava as cólicas.

Daí, a médica doida que eu tratava na época me deixou 1 mês sem remédio pra poder começar com o Mercilon conti e aquele mês eu quase vi o inferno de perto de tão mal que passei. Pappy chegou a ir me buscar no trabalho porque eu não conseguia sair do chão do banheiro de tanta dor e eu lavei de vômito de tanta dor o chão da farmácia que fomos para eu tomar a injeção de Buscopan que era a única coisa que resolvia.

Passei 6 longos anos com o Mercilon conti e até que tivemos uma relação boa: não engordei tanto, pele e cabelo ok, libido médio, menstruação tranquila e pequena. 

Só que depois que casei, comecei a perceber um aumento nos episódios de crise de enxaqueca que eu já vinha tendo há algum tempo. Tentei tratamento no neurologista novamente, tentei tratamentos alternativos com osteopata mas nada aliviava 100% a dor. E ainda tinha o fato de eu não poder fazer exercícios físicos porque a crise vinha com tudo.

Depois que casei, tive a felicidade de começar a me tratar com uma grande amiga de infância, irmã da minha melhor amiga de infância e as coisas começaram a ficar mais fáceis pro meu lado. Afinal, nada como ter uma pessoa com quem você consegue realmente conversar quando se tratar de dúvidas da intimidade né?! 

Nunca tive problema em fazer exames com ela, em desabafar com ela, em tirar as dúvidas mais absurdas com ela. E ela foi a pessoa que me perguntou "por que você não tenta outro método contraceptivo para ver se a enxaqueca melhora?". Hum, interessante...

Para ajudar a mudança (penso que foi sinal divino), a produção de Mercilon Conti foi descontinuada no Brasil

Começamos a fazer exames e levantar meu histórico de saúde para ver qual método seria melhor pra mim e chegamos ao SIU - sistema intrauterino, mais popularmente conhecido como DIU hormonal.



O SIU é diferente do DIU porque o DIU é de cobre e não tem hormônio e não era indicado pra mim porque ele costuma aumentar as cólicas e o fluxo menstrual. 

O SIU tende a diminuir o fluxo - segundo a bula, até 20% das usuárias ficam sem menstruar geral - e diminui sintomas como cólicas, TPMs e enxaquecas. Ambos só tem o problema da parte estética que perdemos: pele e cabelo voltam a ficar "normais" e mais oleosos do que antes. 

Feitos os exames e tomada a decisão, esperei a menstruação de abril para marcar a colocação. 

E que sufoco que foi. 

Bem no mês de abril tivemos uma baixa no trabalho e começamos a trabalhar em número menor (leia-se trabalho dobrado) e bem na semana que marquei a colocação, tínhamos a suspeita da visita do presidente da empresa. Aí Jesus!

A colocação até que foi tranquila: beeem dolorida, mas rápida. Primeiro você fica naquela posição super confortável do exame ginecológico (#sqn) e a médica vai abrir o seu colo do útero e limpar o canal com iodo por causa do sangramento menstrual. 

Até aí, ok. 

A primeira dor vem na hora que ela vai medir o seu útero para ver se está ok com a medida de ultrassom e para ver se o diu vai entrar certinho. É uma dor tão aguda que dá aquela sensação que estão sugando tudo de dentro de você, mas ela não deve durar 5 segundos. 

Como a minha pressão começou a cair (ficou uma enfermeira do meu lado o tempo todo), a minha médica tentou descontrair um pouco e me relaxar:

"- Vamos parar um pouquinho e distrair. Adivinha quem está grávida?
- Quem?
- Eeeeeeuuuu!
- Como assim???? Você usa o SIU e falou pra mim que era mais seguro que a laqueadura?!?!? (quase levantei da cadeira nessa hora)
- Aaaaaaah, eu tirei aaaaaantes néééééé?! Que raio de médica eu seria se engravidasse no susto?!
Enfermeira ao lado: - Doutora, acho que a tentativa de relaxar ela não deu certo hihihi"

Depois disso, veio a segunda dor menos intensa mas bem incômoda da colocação do SIU e que também não durou 5 segundos. E acabou!

Fiquei 4 dias de repouso em casa e tive uma recuperação super tranquila. 

Depois que parou o sangramento, a médica me liberou para as "recreações em casal' e devo te contar que o negócio ficou muito melhor. Gente, senti músculos que nem sabia que eu tinha hahahaha.

Já estamos com 7 meses de uso ainda não parei totalmente de menstruar mas o fluxo diminuiu muito, tive alguns episódios estranhos mas tudo dentro do esperado do período de adaptação. A minha pele está parecendo um choquito só no período menstrual, graças a Deus. O garoto, como esperado, foi maravilhosamente paciente e amoroso em todos os episódios, graças a Deus. Choquei em saber que tem mulheres que desistem da transição porque os "maridos" não tem paciência com episódios turbulentos.

Para quem se interessar, estou a disposição para perguntas e tira-dúvidas. Sempre lembrando que isso é igual comércio das lojas Marisa: depende "de mulher pra mulher". 

O fim de uma era

Oi , tudo bem? Não, esse post não é sobre o fim do blog. Apesar de não atualizar mais com tanta frequência, continuo voltando aqui vez ...